Batman Vs Superman | Site afirma que filme conquistou status de ”Cult Classic”

Batman Vs Superman | Site afirma que filme conquistou status de ”Cult Classic”

Embora existam por quase um século, os super-heróis nunca conseguiram ser levados a sério em qualquer lugar fora de seu meio de origem – os quadrinhos. Salvo por algumas exceções...

 Batman Vs Superman | Site afirma que filme conquistou status de ”Cult Classic”
Publicidade

Publicidade

Embora existam por quase um século, os super-heróis nunca conseguiram ser levados a sério em qualquer lugar fora de seu meio de origem – os quadrinhos. Salvo por algumas exceções brilhantes, todas as adaptações para filmes e televisão foram tratadas com baixo valor cinematográfico e uma atitude frequentemente chocante e exagerada, voltada principalmente para crianças.

Foi apenas no início dos anos 2000 que os super-heróis começaram a entrar no mainstream de Hollywood, com um punhado de filmes notáveis ​​que preocupavam crianças e adultos. Nesse contexto, era urgente para a Warner Bros. entrar rapidamente neste jogo de bilhões de dólares com suas propriedades da DC e sua própria versão de um universo cinematográfico.

Publicidade

Depois de não conseguir persuadir Christopher Nolan a mergulhar ainda mais na franquia Cavaleiro das Trevas e expandir seu universo com uma ampla gama de personagens e histórias à sua disposição, eles passaram a confiar totalmente a arriscada aventura ao estilista extremo Zack Snyder. O segundo filme do DCEU, Batman Vs Superman: A Origem da Justiça foi recebido com uma divisão fenomenal.

Os críticos odiaram, os fãs se separaram e o estúdio não sabia como lidar com isso. A versão do filme lançada nos cinemas foi criticada em seu lançamento e dividiu o público geral. Uma das críticias mais recorrentes afirmavam que a trama era confusa, e que se concentrava demais na criação de filmes futuros. Em meio a essa recepção divisiva, a produção ganhou uma versão de diretor com 30 minutos a mais.

Publicidade

O corte de Snyder realmente melhora a experiência do filme como um todo, estruturando melhor os arcos e o desenvolvimento dos personagens. Recentemente, o site Screenrant, um dos maiores de cultura pop nos Estados Unidos, fez uma lista sobre os filmes do DCEU que merecem uma segunda chance. No artigo, o site ressaltou a importância das cenas adicionais na versão definitiva e como ”o filme gradualmente conquistou uma base de fãs dedicada que, sem dúvida, o elevou ao status de cult classic.”

Apesar de tudo que deu errado, Batman Vs Superman apresenta qualidades que podem provar que ele está se tornando um cult classic (clássico de culto). Essas qualidades podem ser rastreadas em sua recepção e consumo, em sua anatomia como peça de gênero, em sua economia política e como isso afetou as principais decisões do estúdio, bem como em seu status cultural. E o que faz um filme cult, você pode perguntar. Bem, aqui está a definição final tirada da ”Bíblia dos filmes de culto”, The Cult Film Reader de Ernest Mathijs e Xavier Mendik:

”Um filme de culto é um filme com seguidores comunitários ativos e animados. Altamente comprometido e rebelde em sua apreciação, seu público regularmente se encontra em desacordo com os costumes culturais predominantes, exibindo uma preferência por tópicos estranhos e temas alegóricos que esfregam contra sensibilidades culturais e resistem à política dominante.

Filmes de culto transgridem noções comuns de bom e mau gosto e desafiam as convenções de gênero e narrativas coerentes, muitas vezes usando referências intertextuais, sangue, deixando pontas soltas ou criando um sentimento de nostalgia. Eles frequentemente têm histórias de produção problemáticas, coloridas por acidentes, fracassos, lendas e mistérios que envolvem suas estrelas e diretores e, apesar da acessibilidade muitas vezes limitada, eles têm um valor de mercado contínuo e uma presença pública duradoura.”

Publicidade

De fato, Batman Vs Superman possui muito desses elementos, tendo inclusive forçado o estúdio a mudar o tom e a estrutura narrativa de Liga da Justiça, resultando na produção medonha que todos já conhecem. Acerca do fato de que o filme construiu uma enorme base de fãs ativos, a maior prova disto é que a Warner Bros. resolveu investir 70 milhões de dólares para concluir a visão de Zack Snyder para Liga da Justiça, após anos de pressões.

Apesar da recepção divisiva, o segundo filme do DCEU/Snyderverse ainda é frequentemente discutido pelos internautas. É inegável que Batman Vs Superman está virando uma espécie de ”cult classic” entre a comunidade geek e está sendo revisitado por vários outros portais influentes, como também o The Guardian, Comicbook e Fandomwire.

Publicidade

Mas e você, o que acha do polêmico Batman Vs Superman de Zack Snyder? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais!

Fique por dentro do Legado da DC e saiba tudo sobre o SnyderVerse.

[Créditos: Screenrant/Fandomwire/We Got This Covered]

LEIA MAIS!

Publicidade
Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.