O novo Superman derrotou o pior vilão de DC de uma forma que seu pai não conseguiria

Em 'Superman: Filho de Kal-El Anual #1', Jon Kent mais uma vez supera seu pai, derrotando um de seus piores vilões de uma forma nova e eficaz

Novo Superman
PUBLICIDADE

Com seu pai longe, Jon Kent tem pensado muito sobre o que o Superman deveria representar. Ele já começou assumindo uma postura mais ativa contra os reais problemas do mundo, como a corrupção na política, e até mesmo sugerindo um interesse crescente em ajudar nas questões ambientais.

 

    LEIA MAIS!

 

Em Superman: Filho de Kal-El Anual #1 (por Tom Taylor, Steve Pugh, Clayton Henry, Romulo Fajardo Jr. Steve Buccellato e Dave Sharpe), Jon conseguiu fazer algo que seu pai nunca conseguiu: conseguir que Lex Luthor fizesse algo bom. Ele conseguiu isso por meio de um método clássico na rivalidade de longa data entre Superman e Lex: vencendo-o em um jogo de xadrez.

PUBLICIDADE

Jon não foi atraído por Lex porque ele estava tramando algo maligno, mas porque o nome no novo prédio da Lexcorp estava lançando a sombra do nome de Lex no Planeta Diário. Não querendo deixar isso ficar, Jon o desafiou para uma partida de xadrez para fazer com que Lex pegasse as cartas. Luthor subestimou o novo Superman, no entanto, dando a Jon dez minutos para se preparar, tempo suficiente para Jon não apenas revisar todos os livros de xadrez que pudesse encontrar, mas também todas as partidas antigas de Luthor para entender como ele jogava.

Mas o como não era tão importante quanto o porquê. Ao contrário de seu pai, Jon não estava jogando xadrez com Luthor em um esforço para entender melhor o vilão. O novo Superman já aceitou que Luthor sempre será ambicioso e conivente. Seu objetivo aqui não era tanto vencer Lex, mas sim tentar colocar toda a inteligência do vilão em bom uso. Concedido, o ato de tirar o nome de Lex é um pequeno ato de bondade, mas Jon não é ingênuo o suficiente para presumir que ele poderia fazer Luthor mudar completamente de comportamento após uma única partida de xadrez.

PUBLICIDADE

Esta é uma das características mais distintas de Jon. Seu pai tenta ver o que há de bom nos outros, mas normalmente só fala com as pessoas para tentar fazer com que isso brilhe. O novo Homem de Aço tem assumido uma postura muito mais ativa desde o início, aprendendo com as vitórias e fracassos de seu pai para tentar ser um Superman melhor. Para esse fim, Jon pressionou um pouco. Ele não forçou Luthor a fazer nada, ele fez uma aposta, que seu oponente teria que honrar.

Este é apenas um pequeno microcosmo do Superman que Jon está se tornando. Não é suficiente para ele simplesmente proteger o mundo, ele quer ajudar a torná-lo melhor. Isso é algo que ele sabe que Luthor pode entender e até concordar, moldando o mundo em algo mais ideal. É verdade que as razões para fazer isso são fundamentalmente diferentes, mas, em última análise, serve ao mesmo propósito.

Esta partida de xadrez, por sua vez, foi um símbolo de uma nova mudança na dinâmica entre Superman e Lex Luthor, dando a esperança de que, ao invés de lutarem entre si, eles possam começar a trabalhar juntos em direção a um futuro melhor.

[créditos: CBR]

PUBLICIDADE

Acompanhe o Legado da DC e saiba as novidades dos quadrinhos dcnautas.

PUBLICIDADE

Sair da versão mobile