PUBLICIDADE

Tag: Coringa (2019)

Coringa (2019)

O vilão mais famoso do universo do Batman, Coringa sempre existiu em oposição ao super-herói. No entanto, o personagem nunca teve sua própria aventura solo nos cinemas. Todd Phillips queria corrigir essa injustiça, investindo em um projeto ousado sobre a origem do palhaço. Com grandes ambições artísticas e um orçamento menor do que os blockbusters da DC, ele embarca em um thriller psicológico para contar a história de Arthur Fleck.

Todd Phillips concebeu Coringa em 2016 e escreveu o roteiro com Scott Silver ao longo de 2017. Os dois foram inspirados nos estudos de personagens dos anos 1970 e nos filmes de Martin Scorsese (particularmente Taxi Driver e O Rei da Comédia), que inicialmente se vinculou ao projeto como produtor. O filme adapta vagamente os elementos do enredo de Batman: A Piada Mortal, mas Phillips e Silver, de outra forma, não buscaram inspiração em quadrinhos específicos.

Esta versão do Coringa é diferente de todas que já vimos anteriormente, embora seja de alguma forma inspirado e realmente comparável com a versão de A Piada Mortal. A história do filme fala menos sobre o Coringa e mais sobre Arthur Fleck em sua transformação. Vivido por Joaquin Phoenix, Arthur é um personagem que não foi tirado dos quadrinhos, é um comediante fracassado encarregado de cuidar de sua mãe doente enquanto lida com seu próprio estado emocional e mental desequilibrado.

Coringa teve sua estreia mundial no 76º Festival Internacional de Cinema de Veneza em 31 de agosto de 2019, onde ganhou o Leão de Ouro, e foi lançado no Brasil em 3 de outubro de 2019. Enquanto a performance de Phoenix, sua direção, edição, trilha sonora, a cinematografia foi elogiada, o tom sombrio, a representação da doença mental e o manejo da violência dividiram opiniões e geraram preocupações de inspirar violência na vida real.

Apesar disso, o longa foi um sucesso de bilheteria e estabeleceu recordes para um lançamento em outubro, levantando mais de 1.074 milhões de dólares em todo o mundo e fazendo com que o estúdio tivesse interesse em uma sequência. O longa foi um sucesso financeiro e crítico, tornando-se o primeiro filme Rated-R a arrecadar mais de um bilhão de dólares, com Joaquin Phoenix ganhando um Oscar de melhor ator pelo papel, assim como o falecido Heath Ledger antes dele.

Página 2 de 20 1 2 3 20

LEIA TAMBÉM:

PUBLICIDADE