Ayer Cut, Liga 2 e 3… Veja 5 motivos para não piratear o Snyder Cut

Sucesso comercial de Snyder Cut pode viabilizar o lançamento do Ayer Cut do Esquadrão Suicida e das sequências de Liga da Justiça.

Snyder Cut
PUBLICIDADE

A Liga da Justiça de Zack Snyder está próxima de ser lançada e, como se sabe, o filme vai ser disponibilizado para locação em várias plataformas digitas brasileiras. Logo, será necessário pagar para assistir ao longa da DC. A Warner revelou que o Snyder Cut vai custar 49,90 reais no Brasil.

O preço é padrão para locação de qualquer grande blockbuster. É um pouco mais caro que um ingresso de cinema, mas você poderá assistir quantas vezes quiser até o dia 7 de abril e com várias pessoas familiares ou amigos ao mesmo tempo (cuidado com as aglomerações).

Sabemos que não é todo mundo que está podendo gastar dinheiro agora e que a tentação por baixar o filme pirata é grande. Porém, iremos listas 5 motivos pelos quais você deve ajudar o Snyder Cut a fazer sucesso financeiro. Ou seja, razões para alugar o novo filme da Liga da Justiça.

Confira a lista:

PUBLICIDADE

 

1 – Liga da Justiça 2 e 3

Por mais que hoje pareça difícil ou até mesmo improvável que a DC Films dê continuidade ao Snyder Cut, seja no cinema ou no streaming da HBO Max, um sucesso estrondoso comercial e de críticas filme (que está sendo muito bem avaliado) pode convencer a AT&T, empresa-mãe da WarnerMedia, a exigir sequências da Liga da Justiça de Zack Snyder. Boatos que foi a empresa de telecomunicações que aprovou o Snyder Cut.

PUBLICIDADE

 

2 – Ayer Cut

Para não quem não sabe o que é o Ayer Cut, é o corte original que o diretor David Ayer fez para o Esquadrão Suicida de 2016.  O cineasta não foi substituído de seu filme como Zack Snyder foi, mas ele foi obrigado a refazer boa parte de seu trabalho para parecer mais cômico. Essa decisão acabou comprometendo a qualidade do corte final do longa do grupo criminoso da DC. A versão lançada de Suicide Squad é inegavelmente muito fraca.

PUBLICIDADE

No Ayer Cut, veríamos muito mais cenas do Coringa de Jared Leto – que teve seu trabalho prejudicado pela interferência da Warner Bros. -, um olhar verdadeiro do diretor sobre a história do Esquadrão Suicida e teríamos uma obra com um tom completamente diferente do corte do cinema (seria bem mais dark).

 

3 – Batfleck

Ben Affleck vai voltar como Batman no filme solo do Flash; entretanto, rumores dão conta que essa será a despedida do ator para o personagem. Há vários motivos que fizeram Affleck se afastar do papel Homem-Morcego no passado (e, não, a WB não o tinha dispensado), entre eles assuntos de sua vida pessoal, mas certamente o fracasso financeiro e as críticas negativas de Batman vs. Superman e Liga da Justiça (de 2017) contribuíram bastante para o fim do Batfleck.

Porém, com o sucesso da Liga da Justiça de Zack Snyder, Ben pode repensar sobre sua aposentadoria de herói de Gotham City. Inclusive, o seu The Batman, que foi cancelado anos atrás, que teria o Exterminador como vilão, poderia ser realizado na HBO Max.

 

4 – Mais produções no Snyderverso

O Snyderverso poderia continuar não só com as sequência de Liga da Justiça, mas também com uma continuação de Homem de Aço, um filme do Cyborg e também do Lanterna Verde, além do filme do Batfleck dito mais acima.

 

5 – Arrecadar dinheiro durante a crise financeira causada pela pandemia do coronavírus

Com mais de um ano do início da pandemia global do coronavírus, uma crise financeira está afetando o mundo todo. Milhões de pessoas ficaram desempregadas ou tiveram seus ganhos reduzidos. Em Hollywood, essa crise não é diferente. Várias produções tiveram que ser atrasadas ou até mesmo canceladas por conta da COVD-19. Os gastos com segurança e saúde também aumentaram consideravelmente nos sets; máscaras, higienização, exames laboratoriais do vírus etc.

Enfim, entrar dinheiro agora em qualquer caixa é fundamental para o bem de qualquer empresa e seus respectivos funcionários. Fora que o Snyder Cut também teve um orçamento de 70 milhões de dólares para a produção ser finalizada.

 

Em suma, evitem baixar a Liga da Justiça de Zack Snder ilegalmente. Aluguem o filme nas plataformas credenciadas como se vocês estivessem indo ao cinema.

A Warner já confirmou que o Snyder Cut estará disponível no Brasil às 4:00 horas da manhã de 18 de março nas seguintes plataformas: Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr.

O filme ficará disponível pra aluguel e compra até 7 de abril. Depois disso, o longa só ficará disponível exclusivamente no HBO Max, que chega em junho por aqui.

Acompanhe o Legado da DC e saiba todas as novidades do Snyder Cut.

PUBLICIDADE

Sair da versão mobile