Esquadrão Suicida | 8 coisas que você deveria saber sobre o 'Ayer Cut'

Desde o lançamento da 'Liga da Justiça de Zack Snyder', os fãs têm clamado pela versão de David Ayer do 'Esquadrão Suicida'.

Ayer Cut | 8 coisas que você deveria saber sobre o corte de diretor de ‘Esquadrão Suicida’

Agora que o DCEU já existe há alguns anos, um padrão está começando a aparecer. Os executivos da Warner Bros. contratam cineastas que desejam contar as suas histórias, e...

 Ayer Cut | 8 coisas que você deveria saber sobre o corte de diretor de ‘Esquadrão Suicida’
Imagem: Reprodução | Divulgação
Publicidade

Publicidade

Agora que o DCEU já existe há alguns anos, um padrão está começando a aparecer. Os executivos da Warner Bros. contratam cineastas que desejam contar as suas histórias, e então começam a se intrometer durante a pós-produção.

O cineasta David Ayer insiste que a versão do Esquadrão Suicida que ele concebeu era muito melhor do que a versão que a Warner lançou nos cinemas. Embora o estúdio tenha confirmado que não tem planos de lançar a versão de Ayer, os fãs do DCEU ainda têm esperança de que eventualmente o corte de diretor verá a luz do dia.

8 – David Ayer apoia o lançamento de sua versão

Publicidade

A tag #ReleaseTheAyerCut tem aparecido regularmente nas redes sociais desde que a Warner Bros. anunciou pela primeira vez em maio de 2020 que o corte de Zack Snyder de Liga da Justiça seria finalmente lançado na HBO Max. Desde que esta campanha de fãs começou, o próprio Ayer a apoiou publicamente.

Membros do elenco como Jared Leto, Margot Robbie e Joel Kinnaman também já expressaram seu apoio. Infelizmente, a Warner Bros. não está nem perto de apoiar o corte de Ayer como era quando Zack Snyder voltou para concluir o Snyder Cut.

7 – A Warner Bros. alterou a visão de Ayer devido ao sucesso de Deadpool

Publicidade

A visão de David Ayer para Esquadrão Suicida era muito sombria, e com um tom muito parecido com os filmes comandados do DCEU comandados por Zack Snyder. Mas a Warner Bros. hesitou em relação a esse tom após a recepção divisiva de Batman Vs Superman e o sucesso de Deadpool.

Enquanto Batman Vs Superman teve um desempenho inferior nas bilheterias e os críticos reclamaram de seu tom sombrio. Já Deadpool foi um sucesso absoluto, inovando com senso de humor irresistível. Então, a Warner reformulou o Esquadrão Suicida para ser menos como BvS e mais como Deadpool.

6 – Os editores dos trailers foram chamados para editar o filme

Publicidade

Enquanto a Warner Bros. estava em pânico com o tom sombrio do Ayer Cut, eles contrataram o estúdio Trailer Park para montar um trailer com um tom cômico e bem mais maluco. Após a recepção positiva ao trailer, a Warner Bros. contratou os editores do Trailer Park para basicamente montar a versão dos cinemas.

5 – O corte de Ayer possui mais cenas do Batman

Uma das poucas coisas que funcionou na versão lançada de Esquadrão Suicida foi a aparição do Batfleck. Mas ele só aparece em breves cenas de flashbacks. De acordo com o dublê de Ben Affleck, Richard Cetrone, a versão de Ayer do filme trazia mais Batman, o que nunca é uma coisa ruim.

Publicidade

4 – O Coringa de Jared Leto estava envolvido na batalha final

Jared Leto interpretou um tipo de Coringa muito diferente no Esquadrão Suicida. Sua performance era como algo saído de uma comédia de Jim Carrey e muito do que o Coringa fez no filme ia contra sua caracterização tradicional.

Mas pelo menos era algo novo e diferente, ao invés de apenas copiar o que já funcionou com o Príncipe Palhaço. Vale ressaltar que o Coringa foi destaque e teve uma presença de tela muito melhor na versão original de Ayer, incluindo estar presente na batalha final.

Publicidade

3 – A trilha sonora não tinha músicas licenciadas

No corte dos cinemas, a Warner Bros. preencheu a trilha sonora com canções de artistas populares, emulando à trilha sonora pop de filmes como Guardiões da GaláxiaDeadpool.

No entanto, a versão de Ayer não usa nenhum hit licenciado. Em vez disso, todas as músicas do filme foram tiradas da trilha sonora original composta por Steven Price, que já havia trabalhado com Ayer em Corações de Ferro.

Publicidade

2 – A tatuagem “danificado” tem uma história de fundo

O Coringa de Jared Leto tinha um visual bastante original. Ele estava coberto de tatuagens – incluindo a palavra “Danificado” escrita em sua testa – e tinha dentes platinados.

Quando o filme chegou aos cinemas, Ayer detalhou a história por trás da tatuagem e dos ”novos” dentes. O Batman arrancou os dentes do Coringa após o assassinato do Robin, depois o trancou no Asilo Arkham, onde colocou implantes na boca para substituir os dentes perdidos e tatuou “Danificado” na cabeça para enviar uma mensagem ao Homem-Morcego.

Publicidade

1 – A versão de Ayer “assustou os executivos”

Quando a Warner Bros. anunciou que o estúdio não estava desenvolvendo o corte de Ayer, David Ayer entrou em contato com a Entertainment Weekly para comentar sobre as notícias e manter os fãs esperançosos.

Ayer disse ao site: “É frustrante porque eu fiz um drama realmente sincero e ele foi feito em pedaços… Eu fiz um filme incrível. É um filme incrível, apenas assustou os executivos.”

Publicidade

Mas e você? Gostaria de ver uma versão de David Ayer do Esquadrão Suicida? Para saber tudo o que rola no DCEU, não perca as notícias do Legado da DC.

[Créditos: Screenrant]

LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.