O Homem de Aço: Roteirista revela ridícula intervenção da Warner no filme

O roteirista de 'O Homem de Aço', David S. Goyer, revela uma nota ridícula de roteiro que recebeu da Warner Bros. enquanto fazia o filme.

O Homem de Aço: Roteirista revela ridícula intervenção da Warner Bros. no filme

O produtor e roteirista David S. Goyer escreve filmes e séries de TV desde o início dos anos 90. Como resultado, ele teve que lidar com muitas notas de...

 O Homem de Aço: Roteirista revela ridícula intervenção da Warner Bros. no filme
Imagem: Reprodução | Divulgação
Publicidade

Publicidade

O produtor e roteirista David S. Goyer escreve filmes e séries de TV desde o início dos anos 90. Como resultado, ele teve que lidar com muitas notas de roteiro de executivos – mas uma da Warner Bros. durante seu tempo na produção de O Homem de Aço se tornou especificamente a mas absurda.

Enquanto falava com o The Hollywood Reporter para uma entrevista que abrangia sua carreira, Goyer foi questionado sobre a pior nota do roteiro que ele já recebeu – além da vez em que foi convidado a colocar menos magia no filme de Doutor Estranho que estava escrevendo há quase duas décadas. Acontece que as mentes por trás da Warner Bros. podem não ser as mais bem competentes para contar histórias da DC.

“Uma nota que recebi foi sobre O Homem de Aço, onde o final envolve Superman utilizando o casulo em que ele chegou quando era criança para derrubar a nave do General Zod. O bilhete que recebemos do estúdio dizia: ‘Você tem que mudar isso.’

Perguntamos por quê. Eles disseram: ‘Porque se o Superman usar aquele casulo e ele for destruído ao salvar a cidade, como ele vai voltar para casa em Krypton?’ Houve apenas uma longa pausa e dissemos: ‘Krypton explodiu. Vocês viram 30 minutos disso!'”

Há muito tempo a Warner Bros. vem se tornando alvo favorito dos fãs da DC, com muitos alegando que os executivos do estúdio não sabem trabalhar os heróis da editora da melhor maneira possível, e outros ressaltando a falta de liberdade dos autores no desenvolvimento de suas histórias. O fato de um evento tão canônico como a destruição de Krypton passar despercebido pelos executivos parece realmente algo absurdo.

Publicidade

Dirigido por Zack Snyder e escrito por David S. Goyer, O Homem de Aço foi lançado em 2013 e trouxe a origem do Superman para uma nova geração. É o primeiro a estrelar Henry Cavill como Superman e serviu como pontapé inicial do Universo Estendido da DC.

Mas e você, o que achou da revelação de David S. Goyer? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais!

Publicidade

Para mais noticias sobre o mundo DCnauta, continue acompanhando o Legado da DC.

    LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.