Snyder Cut | Batman capturou membros dos ''Mutantes'' no final do filme

Durante o monólogo de encerramento do 'Snyder Cut', Batman é visto em cima de um Bat-tanque com um pequeno grupo de Mutantes amarrados.

Snyder Cut | Batman capturou membros dos ”Mutantes” no final do filme

A Liga da Justiça de Zack Snyder nos trouxe muitos easter eggs divertidos, participações especiais e referências para os fãs da DC Comics. Não é segredo algum que Snyder...

 Snyder Cut | Batman capturou membros dos ”Mutantes” no final do filme
Publicidade

Publicidade

A Liga da Justiça de Zack Snyder nos trouxe muitos easter eggs divertidos, participações especiais e referências para os fãs da DC Comics. Não é segredo algum que Snyder é um grande fã do trabalho de Frank Miller, e The Dark Knight Returns influenciou fortemente os eventos de Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Bem, acontece que a presença do enredo da clássica HQ também pode ser sentido durante o Snyder Cut, como o Batman apreendendo um conhecido grupo de vilões no final do filme.

Em The Dark Knight Returns, Batman é um herói muito mais velho e amargurado que assume sai da aposentadoria para, mais uma vez, salvar Gotham da tirania. Na história, somos apresentados aos ”Mutantes”, uma gangue de pessoas que correm com moicanos e cabeças raspadas e exibem uma viseira semelhante ao do Ciclopes dos X-Men. Seu líder é um homem gigantesco com dentes afiados e força imensa que Batman desafia em um poço de lama na frente dos outros mutantes.

Publicidade

Batman eventualmente vence o líder e assume o comando da gangue.  Quando a cidade se transforma em caos absoluto, Bruce convoca a gangue, agora chamada de ”Filhos do Batman”, e pinta o símbolo do morcego em seus rostos, para ajudar a manter as pessoas seguras. Ele até os proibe de usar armas de fogo, chamando-as de “as armas dos covardes”.

Durante o monólogo de encerramento da Liga da Justiça de Zack Snyder, o filme corta para Batman em cima de um tanque semelhante ao visto nos quadrinhos de Miller, e seus enormes faróis iluminando um pequeno grupo de Mutantes amarrados. Este Batmóvel desempenha um papel proeminente nos quadrinhos de Miller, operando como o principal meio de transporte do Batman ao navegar pela pilha de lixo de Gotham para desafiar os Mutantes.

Publicidade

Em um painel na Justice Con, Jay Oliva, o artista que criou vários storyboards para o DCEU, confirmou que as pessoas apreendidas pelo Homem-Morcego realmente são membros da gangue. O zoom também revela que os membros da gangue estão usando o visor vermelho característico. Confira as imagens abaixo:

Publicidade

Não há uma explicação formal de por que o Batman criou seu Bat-tanque. Ainda assim, é lógico que após os eventos com o Lobo da Estepe (Ciarán Hinds), Batman precisava de algo mais resistente. Os Mutantes também são um novo inimigo neste universo e parecem estar escondidos nos escombros de Gotham, onde Batman, Superman (Henry Cavill) e Mulher Maravilha (Gal Gadot) lutaram contra o Apocalypse. Um carro normal não pode navegar naquele terreno, tornando este o motivo perfeito para usar a arma movél gigante. A cena também dá contexto a nova fase de Bruce como protetor de Gotham. Com a Liga da Justiça formada, ele pode ter encontrado um propósito renovado para manter a luta conforme novos vilões, como os Mutantes, apareçam.

No final das contas, o Snyder Cut é uma carta de amor aos fãs e aos quadrinhos que inspiraram sua história. Embora pequena, a inclusão dos Mutantes simboliza uma nova era para Batman e mostra o quanto do Universo DC ainda merece ser explorado. As mudanças e as referências no filme mostram o cuidado e devoção que os criadores têm com o projeto e adicionam um nível ainda mais profundo de conhecimento aos personagens retratados.

Mas e você, gostou da referência aos Mutantes? Deixe sua opinião nos comentários!

Publicidade

A Liga da Justiça de Zack Snyder só poderá ser visto novamente no Brasil, de maneira legal, em junho, quando será lançado na HBO Max por aqui.

Fique por dentro do Legado da DC e saiba tudo sobre o universo DCnauta.

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.