A volta do Batman de Michael Keaton pode provar que Nolan está errado sobre o DCEU

A volta do Batman de Michael Keaton pode provar que Nolan está errado sobre o DCEU

O diretor Christopher Nolan afirmou anteriormente que sua trilogia do Batman nunca poderia fazer parte do DCEU, por causa das diferenças de estilo e tom. No entanto, o retorno...

 A volta do Batman de Michael Keaton pode provar que Nolan está errado sobre o DCEU
Publicidade

Publicidade

O diretor Christopher Nolan afirmou anteriormente que sua trilogia do Batman nunca poderia fazer parte do DCEU, por causa das diferenças de estilo e tom. No entanto, o retorno de Michael Keaton como Bruce Wayne em The Flash pode provar que ele estava errado.

Embora existam muitas diferenças entre os universos do Batman imaginados por Christopher Nolan e Tim Burton, suas semelhanças podem servir para ajudar a entender como a série O Cavaleiro das Trevas poderia ter funcionado no DCEU. 

Enquanto o DCEU estava em sua infância, havia planos para retomar de onde a trilogia de Nolan parou. Apesar de ser produtor de O Homem de Aço, o diretor foi inflexível quanto ao final de seus filmes com O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

Publicidade

Com sua abordagem mais realista aos mitos do Batman e uma Gotham City mais independente, parecia não haver lugar para alienígenas, semideuses e metahumanos no mundo que Nolan criou. No entanto, ele não seria o primeiro a tentar uma Gotham City mais realista na tela grande.

Em 1989, o diretor Tim Burton e o ator Michael Keaton criaram Batman. Embora mais gótico em seus visuais e extravagante em seu tom, não muito diferente de Nolan, a versão de Burton de Gotham carecia de elementos sobrenaturais e de ficção científica mais fortes encontrados nos quadrinhos.

Publicidade

Como a trilogia O Cavaleiro das Trevas, Burton criou um universo independente. Com tudo isso em mente, se o mundo igualmente remoto do Batman de Michael Keaton puder coexistir, não há razão para que a trilogia estrelada por Christian Bale não tenha sido capaz de se encaixar no DCEU.

Embora drasticamente diferente na caracterização e no tom da franquia, Barry Allen tem muito em comum com Bruce Wayne, tornando essa mistura de mundos ainda mais fácil. O trailer de The Flash mostra Barry lidando com perdas e lutando para deixar as pessoas que ama.

Enquanto isso, o arco de Bruce Wayne na maioria das iterações é sobre a aceitação da morte. Tanto Barry quanto Bruce lutam em batalhas da vida semelhantes, dentro e fora de seus pseudônimos de super-heróis, especialmente quando questionados sobre o quanto eles estão dispostos a se sacrificar pelas pessoas que amam.

Publicidade

Ao falar sobre tom, mesmo as versões mais sombrias do Cavaleiro das Trevas poderiam facilmente ter um lugar ao lado de personagens mais alegres como o Flash, já que, em última análise, até mesmo o alívio cômico da DC tem sua própria experiência com a dor e perdas.

Se este for um Batman mais velho e mais cansado, acabar sendo inspirado pelo otimismo Barry Allen é uma ótima maneira de restaurar a sua fé. Incorporar visões diferentes não é uma questão de tons conflitantes como afirma Nolan, mas sim de equilibrá-los.

Publicidade

Em suma, o retorno do Batman de Michael Keaton em The Flash pode provar que Nolan estava errado. A beleza do Multiverso DC é que tudo pode acontecer. No DCEU, vários mundos podem coexistir, independentemente do tom ou da estética.

Mas e você, acha que o Batman de Christian Bale tem espaço no DCEU? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais.

Para saber mais curiosidades sobre o DCEU, continue de olho no Legado da DC.

Publicidade
Créditos: Screenrant

    LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.