Elemento chave de ‘The Flash’, o Multiverso já foi introduzido em outro filme da DC; saiba mais

Elemento chave de ‘The Flash’, o Multiverso já foi introduzido em outro filme da DC; saiba mais

Um dos grandes elementos que a Liga da Justiça de Zack Snyder configura e explora superficialmente é o Multiverso, um conceito que os próximos filmes da DC irão utilizar no futuro. Quando a Liga...

 Elemento chave de ‘The Flash’, o Multiverso já foi introduzido em outro filme da DC; saiba mais
Publicidade

Publicidade

Um dos grandes elementos que a Liga da Justiça de Zack Snyder configura e explora superficialmente é o Multiverso, um conceito que os próximos filmes da DC irão utilizar no futuro. Quando a Liga da Justiça foi adulterada em 2017 pela Warner Bros. e Joss Whedon, muitos personagens, conceitos e tramas foram refeitos ou removidos completamente.

Múltiplos personagens coadjuvantes como Iris West, Ryan Choi, Elinore Stone e DeSaad não foram vistos em nenhum momento durante o corte teatral. A maior mudança para o núcleo dos vilões, além da aparência visual do Lobo da Estepe, foi a remoção completa do vilão Darkseid.

A trama de The Flash irá explorar o conceito do multiverso, assim como a série do velocista escarlate fez na TV. O filme será parcialmente baseado na HQ Ponto de Ignição, onde o Flash descobre que é possível viajar no tempo e decide voltar ao passado para salvar a sua mãe, que foi misteriosamente morta anos atrás

Publicidade

Mas com a Liga da Justiça de Zack Snyder, tudo o que foi alterado ou removido do corte teatral foi restaurado no corte de 4 horas. Com o Darkseid de Ray Porter agora também servindo como a grande ameaça desta história, outro conceito foi introduzido: o Multiverso.

Mesmo que o corte Snyder tenha sido proeminentemente sobre a fundação da equipe icônica da DC, ele também começou a construir a encarnação cinematográfica do Multiverso, que é um dos mais importantes elementos dos quadrinhos.

Publicidade

Enquanto o Multiverso teve uma grande presença nas séries do Arrowverso, a Liga da Justiça de Zack Snyder se tornou o filme live-action da DC a ir mais longe neste quesito. Mesmo que Terras alternativas nunca sejam visitadas, a presença delas são sentidas por meio da motivação de Darkseid em querer governar o Multiverso.

Darkseid quer conquistar o Multiverso

Embora ele não tenha muitas cenas no Snyder Cut, os objetivos de Darkseid ficam claros como o dia. É explicado que Darkseid tem conquistado mundo após mundo. O Lorde de Apokolips até diz ao Lobo da Estepe  que transformou “100.000 mundos em pó”, o que implica que um décimo de um milhão de planetas alternativos foram destruídos e conquistados pelo vilão.

Publicidade

Embora Darkseid tenha se concentrado em conquistar planetas, também esteve no meio dele procurando possuir a Equação Anti-Vida. A fórmula que mata todo o livre arbítrio em qualquer coisa e qualquer pessoa em todo o universo é a chave de Darkseid para o controle absoluto.

O Multiverso é mencionado quando DeSaad afirma que o Lobo da Estepe ainda deve outros 50.000 mundos para Darkseid antes de quitar sua dívida. Eles nunca especificam muito sobre como Darkseid e as forças de Apokolips estão viajando entre o Multiverso.

Linha do Tempo reescrita pelo Flash

Publicidade

O Multiverso não trata apenas de mundos alternativos, mas também de realidades alternativas que são criadas por meio de viagens no tempo. Na Liga da Justiça de Zack Snyder, os heróis são realmente mortos quando as Caixas-Maternas sincronizam na Unidade e destroem a Terra.

Mas o herói que foi capaz de evitar a grande explosão, antes que Darkseid pudesse vir ao seu mundo e coletar a Equação Anti-Vida, foi o Flash. Barry usa a Força de Aceleração e se esforça para começar a retroceder no próprio tempo, a fim de dar outra chance à Liga da Justiça.

Enquanto Barry está correndo, ele dá à equipe, e principalmente ao Cyborg, tempo suficiente para separar as Caixas-Maternas. Isso faz com que uma nova realidade nasça, pois Barry reescreve a linha do tempo que Darkseid originalmente conseguiu vencer.

Publicidade

Se Barry não tivesse usado sua velocidade para retroceder os eventos, a Terra teria caído para Apokolips e Darkseid finalmente teria a Equação. Em vez disso, agora existem duas realidades daquele momento específico, com os heróis vivendo naquele em que desativaram as Caixas-Maternas e mataram o Lobo da Estepe.

Apesar de ser informado de que não havia protetores neste mundo, Darkseid descobre que uma nova geração de heróis se uniu com a intenção de detê-lo. Mas com Barry tendo voltado no tempo antes que a Unidade destruísse toda a vida na Terra, isso pode ter pavimentado o caminho para outra linha do tempo alternativa.

Publicidade

Knightmare

O Snyder Cut terminou com um grande momento de angústia que remontava a outro grande arco que foi apresentado pela primeira vez em Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Em algum momento no futuro, Darkseid consegue o que quer conquistando a Terra enquanto também controla o poder da Equação Anti-Vida.

Não apenas a Mulher-Maravilha e Aquaman estão mortos, mas Superman sucumbiu à Equação depois que Darkseid assassinou Lois Lane. Juntos, eles assumem o controle do planeta e se tornam outro mundo caído no enorme histórico de Darkseid.

Publicidade

Isso é o que força Batman a se alinhar com os heróis restantes da Liga da Justiça, mas também com alguns vilões de longa data, incluindo Coringa e o Exterminador. Esse futuro é conhecido como a linha do tempo Knightmare, que é o que Barry tentou dizer a Bruce durante uma cena de Batman vs Superman, quando ele apareceu na Batcaverna para alertar Batman sobre o futuro.

Caso a sequência de Liga da Justiça tivesse saído do papel, o filme teria sido completamente ambientado na realidade do Knightmare. Se Barry não tivesse reescrito o clímax do Snyder Cut, o Knightmare teria sido essencialmente impedido de acontecer. Mas já que ele retrocedeu no tempo e parou a sincronização de Unidade, bem como a Liga matou o Lobo da Estepe, isso é parcialmente o que torna essa realidade possível.

Publicidade

Por causa da criação de tal futuro distópico, as forças sobreviventes restantes tiveram que construir uma esteira cósmica para que o Flash pudesse voltar no tempo e alertar seus colegas do passado. Barry, infelizmente, aparece muito cedo em Batman vs Superman, mas foi um aviso para pelo menos deixou o Batman ciente do que está por vir em alguns anos.

Além disso, durante o diálogo entre o Batman e o Coringa, o vilão menciona a existência de outras linhas temporais alternativas, sugerindo que os filmes de Snyder pretendiam explorar este elemento antes mesmo do filme solo do Flash que será lançado em 2022.

Publicidade

Mas e você, o que acha de tudo isso? Gostaria de ver o Multiverso sendo explorado em potenciais sequências do Snyder Cut? Não esqueça de comentar!

Acompanhe o Legado da DC e fique por dentro de tudo o que rola no DCEU/Snyderverso.

Créditos: Screenrant

   LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.