Ayer Cut: Leia a brutal cena de suicídio cortada de ‘Esquadrão Suicida’

Na versão dos cinemas de 'Esquadrão Suicida', é o Coringa de Jared Leto quem mata o gângster Monster T (Common).

Ayer Cut: Leia a brutal cena de suicídio cortada de ‘Esquadrão Suicida’

A versão lançada de Esquadrão Suicida em 2016 é completamente diferente do corte original do diretor David Ayer para o filme da DCEU. Para quem quer um bom exemplo...

 Ayer Cut: Leia a brutal cena de suicídio cortada de ‘Esquadrão Suicida’
Publicidade

Publicidade

A versão lançada de Esquadrão Suicida em 2016 é completamente diferente do corte original do diretor David Ayer para o filme da DCEU. Para quem quer um bom exemplo da diferença das duas versões, basta comparar a Liga da Justiça de Joss Whedon com o Snyder Cut.

O Ayercut ficou muito sombrio, mais até que qualquer obra de Zack Snyder na DC, e a Warner Bros. optou em lançar um filme do Esquadrão Suicida mais alegre e colorido, contra o desejo do diretor da obra. Como se não bastasse essa grande interferência, o longa que saiu nos cinemas é grotesco e terrível.

Recentemente, vazaram trechos do roteiro usado na versão original de Suicide Squad que mostram o quanto a Warner mudou o filme e comprometeu a atuação do Coringa de Jared Leto.

Publicidade

Há muitos momentos nesse script incríveis, mas podemos citar um que sintetiza a diferença entre o corte da WB e o corte de David Ayer. Que é quando um suicídio é trocado por um homicídio.

Naquela cena com o Coringa e Arlequina (Margot Robbie), o Palhaço do Crime mata o seu ex-aliado e Monster T (Common) após o gângster mostrar interesse em Arlequina.

Publicidade

Mas no Ayercut, Joker faz tamanha tortura psicológica em Monster T, que o personagem interpretado pelo rapper Common atira em sua própria cabeça com a arma do Coringa.

Leia o trecho completo dessa cena:

Publicidade

Nightclube privada de Gotham – Noite

Fresco, moderno e com dançarinas Go Go, a boate é um santuário para grandes apostadores, mafiosos e assassinos. Coringa entra com sua maior criação até então. Vejamos:

Arlequina – Dr. Quinzel se transformou em algo primitivo e mortal. Olhos brilhando de loucura. Intomitável. Despreocupado. Todos no local os observando, o casal poderoso do submundo de Gotham.

UMA HORA DEPOIS

Na mesa VIP do Coringa. Monster T, um gângster de aparência maligna, presta seus respeitos. Enquanto Arlequina junta-se às dançarinas. E Monster T. não pode deixar de olhar, ele lambe os lábios. Grande erro.

Coringa:
– Sim. Lá está ela. A infame Arlequina. Você está gostando dela?

Monster T.:
– Não. Essa é a sua senhora, Coringa. Fazemos muitos negócios. Eu não estou querendo encrenca.

Coringa:
– Você não gosta dela? Você a odeia? O que você tem contra ela?

Monster T.:
– Vamos, Coringa. O que vou dizer, irmão? Não há uma resposta certa.

Coringa:
– Sempre há uma resposta certa.

Coringa ASSOBIA para a Arlequina. Ela pula para fora do palco. E junta-se a seu homem.

Arlequina:
– Pudim?

Coringa:
– Você é meu presente para este cavalheiro.
Você pertence a ele agora.

Arlequina:
– Esse cara? Legal.

Arlequina se senta no colo do Gangster. Sussurros em seu ouvido.

Arlequina:
– Você é fofo. Você me quer? Sou todo seu.

Ela coloca a mão dele na coisa dela. Monster T está derramando suor. Preso entre esses dois psicopatas.

Monster T.:
– Coringa, não quero rixa.

Coringa:
– Então aceite meu presente. Estou farto dela.

Coringa puxa seu roxo 45 e oferece ao gangster.

Coringa:
– Ou atire nela. Empurre o cabelo dela para trás com uma bala. De qualquer maneira, me faça o favor, por favor.

Harley acaricia o rosto do Monstro T

Arlequina:
– Bem entre meus olhos, amor.

O homem pega a arma. Seria pior se não o fizesse.

Coringa:
– Agora você diz ‘obrigado’.

Monster T:
– Obrigado

Tem que ser uma piada. Mas isso não é. Arlequina se levanta e se afasta. Todos estão assistindo a isso. A tensão é insuportável. O Monster T está criando crateras. Com Arlequina e Coringa olhando para ele, duas aves de rapina expectantes.

Publicidade

Coringa:
– Você sabe a resposta agora?

O Gangster acena com a cabeça: você

Coringa:
– É hora de você se salvar.

Monster T coloca a pistola de Coringa sob seu queixo – BLAM! É a saída mais fácil. Coringa ri.

Coringa:
– Cara esperto. Muitos cérebros

Arlequina entra para um beijo.

Coringa:
– Não me toque. Isso é por sua causa. Esse cara me rendeu muito dinheiro. Estamos indo embora.

Ele agarra o braço dela e a arrasta para fora daquele lugar.

Agora compare essa transcrição acima com a cena abaixo que foi lançada:

Publicidade

Como vemos no vídeo, a cena perde totalmente o sentido original do roteiro, que era de demonstrar o quanto o Coringa pode mexer com a cabeça de alguém e de como ele é temido.

O jeito é torcer para que o Ayercut seja lançado para que possamos ver essa sequência pesadíssima.

Publicidade

E você, gostaria de ver a o corte de David Ayer do Esquadrão Suicida? Caso sim, comente em nossas redes sociais com a tag #ReleaseTheAyerCut.

Para saber mais sobre as produções dcnautas, continue de olho no Legado da DC.

Publicidade

    LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.