Batman tem sua própria versão do Morbius da Marvel – e é terrível

Batman tem sua própria versão do Morbius da Marvel – e é terrível

Batman tem sua própria versão do Morbius da Marvel – e é terrível

A maioria dos vilões icônicos de Batman o desafia tanto em nível visceral quanto temático. O Coringa é o caos para a ordem do Cavaleiro das Trevas, o Charada desafia suas...

Batman tem sua própria versão do Morbius da Marvel – e é terrível
Imagem: Reprodução | Divulgação
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE



A maioria dos vilões icônicos de Batman o desafia tanto em nível visceral quanto temático. O Coringa é o caos para a ordem do Cavaleiro das Trevas, o Charada desafia suas habilidades de detetive e Bane é um desafio físico e intelectual. Existem alguns vilões, no entanto, que realmente não se encaixam no mundo de Gotham City, e Morcego Humano é um deles.

 

PUBLICIDADE

    LEIA MAIS!

 

Fora que seu nome [Man-Bat em inglês] é uma reversão de Batman, o alter ego de Kirk Langstrom tem muito pouca relevância para o mundo do Cavaleiro das Trevas. Na verdade, sua falta de um legado real faz com que ele pareça um roubo de um personagem que estreou mais tarde: Morbius da Marvel, o Vampiro Vivo . 

PUBLICIDADE

Por Que Morcego Humano É O Pior Vilão Do Batman

Estreando em Detective Comics #400, Kirk Langstrom (também conhecido como Humano Morcego) foi a criação de Neal Adams, Julius Schwartz e Frank Robbins. Um cientista tentando replicar as habilidades de sonar de um morcego em humanos, Langstrom transformou-se em uma horrível criatura de morcego. Embora essa transformação geralmente o fizesse perder o controle de sua humanidade, ele ocasionalmente mantinha sua sanidade. Em outras ocasiões, no entanto, ele usava seu soro em sua esposa, e eles causavam estragos em Gotham City juntos.

PUBLICIDADE

O problema com tudo isso é que Langstrom não tem profundidade. Ele é essencialmente uma recauchutagem de vilões da Marvel como O[k Lagarto e especialmente Morbius, que na verdade estreou um ano depois do Morcego Humano. A diferença é que esses vilões do Homem-Aranha são na verdade personagens trágicos, com ambos os experimentos destinados a ajudá-los a se curar de algum tipo de doença ou lesão debilitante. Man-Bat não tem essa tragédia embutida em seu personagem, mas, em vez disso, participou de um experimento fútil que saiu pela culatra.

Não há nenhum gancho narrativo real que o conecte ao Batman além de seu nome, e ele certamente não se encaixa no mundo fundamentado que separa o Cavaleiro das Trevas do Universo DC abrangente. Além disso, o personagem não tem substância no Universo DC, sem histórias essenciais ou momentos decisivos, apesar de seus cinquenta anos de existência.

O Obscuro Vilão Morcego Humano Não Deve Ser Trazido Para O DCEU

Mesmo fora dos quadrinhos, Man-Bat seria um ajuste estranho. Por um lado, ele não tem absolutamente nenhum lugar no tom noir corajoso de The Batman de Matt Reeves, e apresentá-lo seria como introduzir alienígenas no mundo de Os Bons Companheiros. No entanto, há outra razão pela qual o personagem nem deve ser considerado para o DCEU menos fundamentado. 

A Sony/Marvel agora está lançando seu filme nos cinemas de Morbius, e a introdução de um vilão semelhante ao universo cinematográfico da DC provavelmente seria visto como um roubo aos olhos de muitos espectadores. Na verdade, é um pouco estranho o quanto Morbius é mais popular (especialmente por ter sido o personagem mais “recente”), e sua proeminência atual nos quadrinhos do Homem-Aranha atesta isso. Assim, parece que tanto nos quadrinhos quanto nos filmes relacionados, Man-Bat é mais um trocadilho ruim do que um bom personagem.

[créditos: CBR]

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre os quadrinhos dcnautas.

© 2020-2023 Legado da DC, uma empresa da Legado Enterprises.
Developed By Old SchooL