‘Batman vs Superman’ foi sabotado pela Warner, diz roteirista

‘Batman vs Superman’ foi sabotado pela Warner, diz roteirista

Como um todo, o DCEU obteve muitas respostas contraditórias do público ao longo dos anos. No entanto, o filme mais polêmico de toda a franquia é provavelmente Batman vs Superman: A...

 ‘Batman vs Superman’ foi sabotado pela Warner, diz roteirista
Publicidade

Publicidade

Como um todo, o DCEU obteve muitas respostas contraditórias do público ao longo dos anos. No entanto, o filme mais polêmico de toda a franquia é provavelmente Batman vs Superman: A Origem da Justiça, o corajoso filme de 2016 que trouxe Bruce Wayne e Clark Kent juntos nos cinemas pela primeira vez.

No entanto, vale lembrar que antes de toda a polêmica envolvendo a completa alteração feita pela Warner Bros. na produção de Liga da JustiçaBatman vs Superman já havia passado por um problema semelhante em 2016.

Publicidade

Naquela ocasião, o estúdio não demitiu Zack Snyder e reformulou completamente o projeto, mas cortou na versão dos cinemas cerca de 30 minutos de cenas essenciais para a trama, que posteriormente foram acrescentadas na versão em blu-ray.

Em uma entrevista ao site Vanity Fair, o roteirista Chris Terrio foi duro em seus comentários, dizendo que a Warner sabotou o filme ao cortar as cenas na versão cinematográfica.

“Eu estava orgulhoso do roteiro quando o concluí, mas acontece que quando você remove os 30 minutos que dão aos personagens motivação para o clímax, o filme simplesmente não funciona.”

Se você tirar 30 minutos de Argo, como eles fizeram em Batman vs Superman, não faria sentido algum. Os críticos diriam: “que roteiro preguiçoso”, porque os personagens não têm motivações e não é coerente. E eu concordaria com eles.”

Mas e você, já assistiu a versão definitiva de Batman vs Superman? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais!

Publicidade

Para mais noticias sobre o mundo DCnauta, continue acompanhando o Legado da DC.

LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.