PUBLICIDADE

Caçador de Marte finalmente reivindica o papel da Liga da Justiça para o qual ele se destina

Em 'Justice League Infinity #7', o Caçador de Marte assume um novo papel na Liga da Justiça, que impactará todo o universo.

Liga da Justiça
PUBLICIDADE

Ao longo dos anos, o Caçador de Marte ocupou muitos papéis na Liga da Justiça e agora assumiu o papel dentro da equipe para a qual sempre foi destinado. Em Justice League Infinity #7, o Caçador de Marte percebe que seus dons são mais bem servidos ao intermediar a paz em Apokolips, que mergulhou em uma guerra civil.

 

    LEIA MAIS!

 

Justice League Infinity continua a história da aclamada série de desenhos animados Liga da Justiça Sem Limites, usando a mesma continuidade e designs de personagens. Na temporada final da Liga da Justiça Sem Limites, o Caçador de Marte deixou a Liga para caminhar entre os humanos para melhor entendê-los. Seis meses depois de aparentemente derrotar Darkseid, a Liga enfrenta o que eles supõem ser uma invasão de Apokolips. Na verdade, é a salva de abertura de uma guerra civil entre Kalibak e Vovó Bondade, ambos procurando afirmar seu controle na ausência de Darkseid.

PUBLICIDADE

Não antes as hordas de Apokolips são enviadas para as malas. Então surge outra ameaça ainda maior: Amazo. Ouvindo um chamado das profundezas do multiverso, Amazo sai em busca dele, assim como as barreiras entre os universos estão caindo. O Caçador de Marte retorna para oferecer seus serviços à Liga, usando sua telepatia marciana para coordenar uma equipe de heróis de todo o multiverso – o que o leva ao seu novo papel na Liga da Justiça: pacificador! A edição é escrita por JM DeMatteis e James Tucker, com arte de Ethen Beavers, cores de Nick Filardi e letras de DC Hopkins.

Amazo usa seus poderes para derrotar seu eu sombrio de outro universo, que estava chamando por ele. Depois que a poeira baixar, a Liga retorna à Torre de Vigia para comemorar e, quando perguntado se ele retornará a Nova Délhi, ele responde que sim, mas pergunta ao Superman se ele pode retornar à Liga de forma mais permanente – mas não em sua vida. cargo anterior como Coordenador de Missão.

Em vez disso, ele deseja ser uma espécie de embaixador, buscando soluções pacíficas para problemas cósmicos antes que eles se transformem em grandes problemas. O Caçador de Marte usa a guerra civil em Apokolips como exemplo e decide fazer sua primeira parada, buscando negociar um tratado entre Vovó Bondade e Kalibak. Superman deseja-lhe bem.

PUBLICIDADE

A edição termina aí, deixando os leitores se perguntando se o Caçador de Marte terá sucesso em trazer a paz para Apokolips, mas seu novo papel como mediador cósmico é o próximo passo lógico em sua carreira. O Caçador de Marte foi um membro fundador da Liga da Justiça e atuou em várias funções durante seu mandato com a equipe, mais recentemente como Coordenador de Missão. Ele viu um grande grau de sofrimento e destruição, não apenas em seu planeta natal, Marte, mas também no resto do cosmos.

Por ser mais proativo e buscar compromisso em vez de conflito, o Caçador de Marte está melhor posicionado para tornar o nome da Liga da Justiça conhecido e respeitado em todo o universo, e se ele for bem sucedido em resolver a guerra civil em Apokolips, ele sem dúvida será poupado. incontáveis ​​números de mágoa e miséria.

Como um dos membros fundadores da Liga da Justiça, o Caçador de Marte ocupou muitos cargos dentro da organização e agora está prestes a embarcar em seu mais novo papel: embaixador cósmico.

[créditos: Screen Rant]

PUBLICIDADE

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre os quadrinhos dcnautas.

Sair da versão mobile