Coringa perderia a cabeça com forma final de um herói da Liga da Justiça

Enquanto o Coringa se considera o Agente do Caos, o universo discorda e, na verdade, escolheu um membro da Liga da Justiça para o papel.

Coringa perderia a cabeça com a forma final de um herói da Liga da Justiça

Enquanto o Coringa gosta de pensar em si mesmo como o maior bobo da corte, zombando daqueles que percebem qualquer sentido de significado no universo, acontece que o título...

 Coringa perderia a cabeça com a forma final de um herói da Liga da Justiça
Imagem: Reprodução | Divulgação
Publicidade

Publicidade

Enquanto o Coringa gosta de pensar em si mesmo como o maior bobo da corte, zombando daqueles que percebem qualquer sentido de significado no universo, acontece que o título realmente pertence a um surpreendente anti-herói da Liga da Justiça.

 

 LEIA MAIS!

 

Publicidade

Esperamos que ele nunca descubra, porque se há uma coisa que o Arlequim do Ódio não aceita é competição. O Coringa se considera o maior gênio do humor e não acha nada mais engraçado do que as ”mentiras” que as pessoas normais contam para tentar forçar algum tipo de ordem no mundo ao seu redor. 

Enquanto o Coringa gosta de se considerar o bobo da corte definitivo, acontece que o universo realmente vê um herói nesse papel. Em The Books of Magic #4Tim Hunter está sendo ensinado sobre seu potencial místico pelo Mister E, seguindo as lições de John Constantine e outros luminares mágicos do Universo DC.

A fim de comunicar o alcance da magia a Timothy, Mister E o leva adiante no tempo, e os dois acabam se deparando com os últimos seres existentes. Padronizados de acordo com as cartas do Tarô, esses seres não têm certeza de suas próprias origens, se perguntando em voz alta se são reais ou simplesmente o universo refletindo facetas centrais da realidade à medida que se dobra sobre si mesmo.

Publicidade

No entanto, para seu choque, Tim realmente reconhece uma das figuras como John Constantine da Liga da Justiça Sombria, também conhecido como Hellblazer. Vestido como o Louco e sem lembranças de Tim, a forma final de Constantine é um verdadeiro enigma. 

As histórias da época sugeriam que a linhagem Constantine tinha uma conexão profunda com a magia, com um membro da família desempenhando um papel semelhante em cada geração. Por esta e talvez outras razões, no final da existência, o universo procurou expressar o caos risonho e ignorou o Coringa para escolher John Constantine.

Publicidade

No Tarô, o Louco representa ou espontaneidade e novos começos ou caos e ausência de julgamento. O ódio do Coringa pela ordem e a tendência de agir sem planejar aparentemente o tornam perfeito para o papel, especialmente porque ele é um orgulhoso Agente do Caos. 

No entanto, algo sobre John Constantine o torna mais adequado para o papel do bobo da corte cósmico, completo com um nariz de palhaço vermelho brilhante. O Coringa gosta de pensar que é o mestre do caos, mas a verdade é que ele é apenas obcecado por uma pessoa. 

Publicidade

Em contraste ao maior inimigo do Batman, John Constantine jogou com os destinos dos mundos, confiando em sua inteligência para contornar quaisquer regras inconvenientes e sacrificar quem ele precisa para escapar das consequências de suas ações.

Quando se tratou da escolha final do universo para expressar as partes de si mesmo que rejeitam as regras e abraçam o caos alegre, Coringa foi negligenciado em favor de John Constantine, mostrando que o que quer que o Príncipe Palhaço do Crime possa pensar, ele não é o Agente do Caos definitivo do Universo DC.

Mas e você, o que acha de tudo isso? Não esqueça de comentar em nosso grupo do Telegram!

Publicidade
Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre os quadrinhos DCnautas.
Créditos: Screenrant

Escute o Podcast do Legado:

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.