Coringa de The Batman pode ser a versão mais aterrorizante do vilão

Coringa de The Batman pode ser a versão mais aterrorizante do vilão

Enquanto O Cavaleiro das Trevas pode nunca ser derrotado como o melhor filme do Homem-Morcego de todos os tempos, The Batman de Matt Reeves fez um trabalho admirável ao fornecer competição....

 Coringa de The Batman pode ser a versão mais aterrorizante do vilão
Publicidade

Publicidade

Enquanto O Cavaleiro das Trevas pode nunca ser derrotado como o melhor filme do Homem-Morcego de todos os tempos, The Batman de Matt Reeves fez um trabalho admirável ao fornecer competição. Completo com uma construção de mundo corajosa, um protagonista vingativo e várias camadas, o filme estreou com críticas extremamente positivas.

 

  LEIA MAIS!

 

Publicidade

Mas a outra coisa que The Batman priorizou foi a criação de uma abundância de potenciais vilões para filmes futuros. De fato, a maneira como o filme terminou pode ter criado a versão mais aterrorizante do maior vilão da DC Comics até agora. Qualquer um que esteja levemente familiarizado com o universo do Batman, sabe que ele lutou contra todos os tipos de vilões.

Ao longo dos anos, ele lutou contra chefes da máfia, sociedades secretas, aspirantes a vilões e adversários verdadeiramente aterrorizantes. E enquanto The Batman extraiu elementos de muitas dessas categorias, ele priorizou o Charada de Paul Dano – um vilão com um cérebro lendário, um desejo por justiça assassina e uma propensão a enigmas.

Deixando corpos e enigmas em seu rastro, o Charada levou Batman (Robert Pattinson) em uma missão para descobrir a corrupção que envolvia as figuras de elite de Gotham. Enquanto o Charada estava errado em seus métodos, ele estava certo em expor a corrupção e todas as mentiras.

Publicidade

No final, Batman entendeu que a própria Gotham estava marcada, com seus pais envolvidos em um escândalo de assassinato e a própria cidade sendo administrada pelo chefe da máfia Carmine Falcone por anos. O Charada queria acabar com essa corrupção e tentou fazê-lo matando Falcone, inundando a cidade e fazendo com que um grupo de vigilantes atacasse a nova prefeita e inúmeros civis. Em última análise, ele falhou e terminou o filme no Arkham.

No entanto, enquanto a atuação de Paul Dano no último ato do filme foi realmente impressionante, um filme do Batman não parece completo sem o Coringa. Felizmente, The Batman não decepcionou os fãs nesse quesito. Enquanto Charada lamentava sua derrota no Arkham, uma voz falou com ele na cela ao lado e, como dito nos rumores, era o Coringa de Barry Keoghan.

Publicidade

Elogiando os esforços do Charada, o Coringa ofereceu uma amizade baseada em enigmas a Edward Nashton, um ato simples que poderia sugerir uma versão aterrorizante para o Príncipe Palhaço do Crime. Além de alguns capangas, as encarnações do Coringa em live-action tendem a trabalhar sozinhos.

Na verdade, O Cavaleiro das Trevas começou mostrando o Coringa de Heath Ledger matando ativamente seus lacaios quando eles se tornaram descartáveis. Mas enquanto essa mentalidade de lobo solitário contribui para um vilão perturbador, o Coringa de Barry Keoghan pode ser pior do que seus colegas.

Quando o filme terminou, ele não estava apenas fazendo amizade com o Charada – ele estava fazendo um aliado. Isso mostra que esse Coringa não está apenas usando seus recursos disponíveis, e ele quer o pior dos piores ao seu lado.

Publicidade

Ainda não sabemos qual será a motivação do Coringa nos filmes de Matt Reeves, mas como ele estava recrutando ativamente alguém com uma vingança pessoal contra Bruce Wayne e Batman, ele claramente tem planos sombrios para Gotham e seu vigilante residente.

Agora que Keoghan foi confirmado como Coringa em The Batman, os fãs podem continuar especulando sobre o papel do Coringa no florescente Universo DC de Matt Reeves. Mas e você, quais seus pensamentos sobre tudo isso? Não esqueça de comentar em nosso grupo do Telegram!

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre as produções DCnautas.

Publicidade
Créditos: CBR
Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.