Snyder Cut: O significado oculto do final do Cyborg no filme; confira

Snyder Cut: O significado oculto do final do Cyborg no filme; confira

O final do Cyborg em Liga da Justiça de Zack Snyder tem muito significado para sua história no filme. Após anos de pedidos para seu lançamento, o outrora mítico Snyder Cut finalmente...

 Snyder Cut: O significado oculto do final do Cyborg no filme; confira
Publicidade

Publicidade

O final do Cyborg em Liga da Justiça de Zack Snyder tem muito significado para sua história no filme. Após anos de pedidos para seu lançamento, o outrora mítico Snyder Cut finalmente chegou em 2021, alcançando a recepção inversa da decepção do corte que chegou aos cinemas em 2017. Entre as inúmeras diferenças entre as duas versões do filme, estava o papel do Cyborg, interpretado por Ray Fisher.

 

   LEIA MAIS!

 

Publicidade

As refilmagens e reedições de Liga da Justiça reestruturou todo o filme de Zack Snyder. Nenhum personagem foi mais impactado do que o Cyborg de Fisher, cujo papel se tornou secundário no corte dos cinemas. O Snyder Cut apresenta Victor Stone como o personagem mais central do filme.

Um elemento de sua história que tem muito mais significado do que na versão dos cinemas é o moletom com capuz e as calças que Victor veste durante filme, e o que ele faz com eles no epílogo. Como último esforço de se aproximar de seu filho, o pai de Victor, Silas Stone, usa uma Caixa-Materna para salvar a vida de seu filho quase morto.

Isso dá a Victor seu novo corpo de metal e todos os poderes tecnológicos que o acompanham, mas Victor está longe de ficar satisfeito com sua transformação. Sempre que se aventura em público, Victor veste roupas normais para esconder seu novo corpo, incluindo um moletom e calças.

Publicidade

No entanto, o relacionamento de Victor com a Liga da Justiça e seu papel em frustrar os planos de Darkseid para conquistar a Terra muda sua visão de si mesmo. Quando ele impede que as Caixas-Maternas formem a Unidade, Victor declara “Eu não estou quebrado e não estou sozinho”.

Prestando homenagem a sua mãe e seu pai, Victor tira as roupas que usou durante todo o filme antes de voar para o céu. Neste momento, Victor não guarda mais a raiva que uma vez teve contra seu pai. Mais importante para si mesmo, Victor não sente mais a necessidade de esconder quem ele é do mundo. Com essa necessidade, ele descarta a roupa que costumava usar para se esconder para sempre.

Publicidade

Ao contrário de seus companheiros heróis da Liga da Justiça, Victor vê seus poderes como uma maldição em vez de um presente. Não só ele perdeu sua mãe no acidente de carro que quase o matou, mas de sua perspectiva, ele perdeu tudo o que o torna humano.

Isso dá peso adicional ao seu comentário de queEstou sempre vestido quando a Mulher-Maravilha diz à Liga para se vestir enquanto se preparam para ressuscitar o Superman. O arco de praticamente todos os heróis em Liga da Justiça de Zack Snyder se desenrola de maneira diferente da versão dos cinemas.

Para Cyborg, ele é capaz de se orgulhar de ser o herói e mestre da tecnologia, deixando tudo o que ele escondeu para trás e voando para proteger o mundo, nem quebrado e nem sozinho. Em contraste com a marginalização do corte original desta história comovente, Liga da Justiça de Zack Snyder coloca essa narrativa redentora e esperançosa em destaque.

Publicidade

Mas e você, o que acha de tudo isso? O que acha do Cyborg de Ray Fisher? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais!

Créditos: Screenrant
Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.