Como o Arrowverso falhou em fazer a sua versão da Liga da Justiça

A Liga da Justiça do Arrowverso foi quase a melhor parte da franquia da DC da CW após o sucesso de Crise nas Infinitas Terras.

Como o Arrowverso falhou em fazer a sua versão da Liga da Justiça

A Liga da Justiça do Arrowverso foi quase a melhor parte da franquia da DC da CW após o sucesso de Crise nas Infinitas Terras.

Como o Arrowverso falhou em fazer a sua versão da Liga da Justiça
ENTENDA
Imagem: Reprodução | Divulgação
PUBLICIDADE

A prometida revolução da Liga da Justiça no Arrowverso acabou se revelando uma miragem, longe da grandiosidade que a CW havia assegurado durante os eventos tumultuados de Crise nas Infinitas Terras.




PUBLICIDADE



O Arrowverso da CW teve início como a narrativa linear centrada em Oliver Queen, interpretado por Stephen Amell, em Arrow. Contudo, à medida que o êxito de Arrow se entrelaçava com os episódios de crossover igualmente populares de The Flash, os fãs foram espectadores do florescimento de um novo cosmos da DC na televisão.

A aceleração do crescimento do Arrowverso foi notável com a chegada de Lendas do Amanhã e a incorporação de Supergirl à franquia após sua estreia na CBS. Em um panorama onde uma variedade de personagens interage incessantemente, tornou-se apenas uma questão de tempo até que uma equipe do calibre da Liga da Justiça fosse formalmente unida nas telinhas.

PUBLICIDADE

O épico evento de crossover multiversal Crise nas Infinitas Terras, realizado entre 2019 e 2020, trouxe à vida a trama homônima das histórias em quadrinhos da DC. Nesse espetáculo, todos os personagens do Arrowverso se uniram numa batalha intensa contra o Anti-Monitor para proteger sua própria realidade.

Ao longo desse percurso, personagens de outros universos da DC foram habilmente incorporados ao cânone do Arrowverso, incluindo figuras de Smallville, Patrulha do Destino, Titãs, Lucifer e até o Flash do DCEU de Ezra Miller. Além disso, para adicionar mais peso ao feito, Stephen Amell fez seu retorno triunfante como Oliver Queen.

PUBLICIDADE

Mesmo com toda essa grandiosidade, o crossover da CW culminou com o tão aguardado primeiro encontro oficial da Liga da Justiça do Arrowverso. Contudo, para desânimo dos fãs, a realização da ideia de explorar futuras narrativas estrelando essa versão da Liga da Justiça jamais se materializou.

O Arrowverso Levou 8 Anos Para Montar Sua Liga da Justiça

PUBLICIDADE

Enquanto o universo Arrowverso ganhava fama após as primeiras duas séries de grande sucesso, a concepção de uma equipe que reunisse os heróis mais preeminentes do mundo levou mais tempo do que o ideal. O Arrowverso da CW deu seus primeiros passos com Arrow em 2012 e The Flash em 2014, adicionando Supergirl em 2016, juntamente com a estreia de Lendas do Amanhã.

Raio Negro entrou em cena em 2018, e Batwoman lançou sua primeira temporada em 2019. No entanto, a Liga da Justiça só fez sua primeira incursão no final da Parte II de Crise nas Infinitas Terras, ocorrendo pouco antes do anúncio das últimas temporadas.

No período em que os heróis do Arrowverso estabeleceram a Liga da Justiça, figuras como Barry Allen, Supergirl, Superman, Caçador de Marte e White Canary já tinham entrelaçado suas jornadas entre si e com uma série de outros vigilantes e metahumanos.

Pequenos grupos de super-heróis do Arrowverso foram formados, dissolvidos e reconstruídos ao longo do tempo. Vilões cada vez mais perigosos lançaram ameaças sobre cidades inteiras, o mundo e até a própria realidade.

No entanto, mesmo ao longo dos anos de atuação como super-heróis conhecidos, os personagens que, eventualmente, dariam origem à Liga da Justiça, mantiveram uma proximidade constante com seus aliados mais íntimos, unindo-se ocasionalmente a outros heróis renomados.

A Liga da Justiça do Arrowverso Não Teve Um Devido Desfecho

O que é pior do que a falta de uma Liga da Justiça no Arrowverso por oito anos pode ser o fato de a equipe ter se reunido pela primeira vez após derrotar o Anti-Monitor e salvar o multiverso em Crise nas Infinitas Terras. Havia pouco impedindo-os de ter a ideia de uma Liga da Justiça por vários anos, mas eles concordaram em se unir apenas quando não era mais uma necessidade.

Uma vez que o Arrowverso atingiu seu ponto mais alto e as séries de super-heróis da DC da CW começaram a enfrentar dificuldades de produção e cancelamentos, a necessidade de uma equipe da Liga da Justiça diminuiu ainda mais.

Agora que o Arrowverso chegou ao fim oficialmente, a primeira reunião da Liga da Justiça em Crise nas Infinitas Terras Parte II permanece a primeira e última aparição deles nas telas. Embora Barry Allen de Grant Gustin ainda estivesse ativo na Terra-Prime do Arrowverso durante a 9ª temporada de The Flash em 2023, a Liga da Justiça não estava em lugar nenhum.

E enquanto o Superman de Tyler Hoechlin é o último personagem introduzido no Arrowverso a aparecer em um programa com o lançamento da 4ª temporada de Superman & Lois em 2024, ele não é mais a mesma versão do personagem que participou da criação da Liga da Justiça.

Por Que o Arrowverso Nunca Retomou Sua Liga da Justiça

A Liga da Justiça de curta duração no Arrowverso não foi totalmente culpa da CW. Depois que a premissa ambiciosa de Crise nas Infinitas Terras foi bem-sucedida com críticos e público, as expectativas para o Arrowverso estavam em seu auge e o futuro parecia promissor para a franquia, com planos para futuros crossovers, spin-offs e novas séries começando a tomar forma imediatamente.

Infelizmente, a pandemia de COVID-19 em 2020 impediu a realização de mais episódios de crossover devido a restrições de filmagem e alterações de agenda. As séries da CW que estavam em desenvolvimento foram prontamente descartados, e após a confirmação de algumas renovações em 2021, 2022 trouxe o cancelamento de séries duradouras do Arrowverso como Lendas do Amanhã e The Flash.

Dado que séries como Raio Negro e Lendas do Amanhã tinham uma temporada restante para concluir suas histórias, a possibilidade de fazer missões da Liga da Justiça em conjunto com outras séries tornou-se improvável.

Além disso, Batwoman perdeu Kate Kane quando a atriz principal Ruby Rose saiu após apenas uma temporada, o que tornou ainda mais difícil para sua sucessora, Ryan Wilder de Javicia Leslie, entrar em contato com a Liga da Justiça e se juntar a eles.

Como menos membros da Liga da Justiça poderiam retornar, fazia pouco sentido para personagens como o Flash, Supergirl e Caçador de Marte tentarem outra colaboração, muito menos se autodenominarem Liga da Justiça.

A Liga da Justiça Foi o Maior Potencial Desperdiçado do Arrowverso

Embora Crise nas Infinitas Terras seja uma conquista bastante impressionante, a CW poderia ter continuado a elevar a barra com a Liga da Justiça do Arrowverso.

Talvez as colaborações subsequentes da Liga da Justiça não tivessem alcançado o mesmo escopo, mas as interações entre os membros da equipe e suas batalhas compartilhadas contra supervilões poderiam ter sido um espetáculo sem precedentes na TV aberta.

As missões de salvar o mundo da Liga da Justiça no Arrowverso teriam culminado nos esforços de todas as séries de TV da DC anteriores, tanto dentro da franquia da CW quanto fora dela.

O que teria acontecido se o Arrowverso não tivesse encontrado os obstáculos que encontrou em 2020 é impossível saber com certeza, mas se as variáveis estivessem a seu favor, é possível que a Liga da Justiça do Arrowverso teria continuado a crescer com mais novos membros vindos de séries estabelecidas e recém-chegados se juntando às suas fileiras após a estreia em suas próprias séries.

Embora a Warner Bros. provavelmente não teria permitido que Batman e Mulher-Maravilha aparecessem, Superman & Lois também poderia ter feito parte do Arrowverso, e a Liga da Justiça teria enfrentado inimigos icônicos da DC, como Apocalypse, ao lado do Superman de Tyler Hoechlin.

E você, sente falta do Arrowverso? Comente com a gente logo abaixo, e fique ligado no Legado da DC para não perder nenhuma novidade!

Matéria traduzida do site Screen Rant.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020-2023 Legado da DC, uma empresa da Legado Enterprises.
Developed By Old SchooL