PUBLICIDADE

Coringa: Por que Arthur Fleck não matou Sophie no filme?

'Coringa' deixou muitas perguntas, entre elas se Arthur matou Sophie ou não. Agora que está confirmado que ele não matou, eis por que ele a deixou viver.

PUBLICIDADE

Uma das maiores perguntas que Coringa de Todd Phillips deixou aos espectadores é se Arthur matou ou não sua vizinha, Sophie – e se não, por que não o fez? À medida que os super-heróis continuam a dominar a indústria cinematográfica, anti-heróis e filmes centrados em vilões também estão surgindo – embora nenhum tão bem-sucedido quanto Joker de 2019.

 

    LEIA MAIS!

 

A história de origem da DC Comics oferece uma versão recém-criada do vilão mais infame do Batman. Coringa apresenta Arthur Fleck, de Joaquin Phoenix, um comediante que se transforma em um criminoso depois de ser constantemente rejeitado pela sociedade. Também aborda temas como saúde mental, controle de armas, diferenças entre classes, abuso e influência da mídia na sociedade.

PUBLICIDADE

Claro, isso também significa que a trama tem um tom muito mais sombrio do que muitos outros filmes baseados em personagens de quadrinhos. O filme foi cercado de polêmicas, mesmo antes de seu lançamento. Os cinemas de todo o mundo tomaram medidas especiais para garantir a segurança de todos, embora todo o burburinho só tenha contribuído para o sucesso de bilheteria do filme.

Joker foi muito bem recebido por seu público e tem sido um grande tema de discussão desde que chegou à tela grande, principalmente devido a todos os elementos ambíguos e não resolvidos no enredo. Entre eles está o destino de Sophie (Zazie Beetz), a vizinha que Arthur acredita estar em um relacionamento durante boa parte da narrativa. Uma das maiores reviravoltas da história é a revelação de algumas coisas da vida de Arthur que estão em sua cabeça, incluindo seu romance com ela.

Cena deletada revela que Arthur Fleck não matou Sophie

Os dois interagem no elevador desde o início, mas tudo depois disso faz parte da imaginação de Arthur Fleck. Isso é revelado quando ele entra no apartamento de Sophie sem avisar. Sua reação é de medo, e ela se aproxima dele com cautela. Arthur então sai, e Sophie não aparece novamente. Por um tempo, os fãs ficaram questionando se o vilão mata ou não sua vizinha de aparência doce.

PUBLICIDADE

Depois que Todd Phillips se pronunciou sobre o assunto e o roteiro oficial do filme foi lançado online em 2019, acabou sendo confirmado que Arthur não matou Sophie em Joker. Felizmente, a personagem deveria inicialmente aparecer novamente em uma cena deletada, onde ela assistiria a aparição de Arthur no programa de Murray Franklin. Ela e sua filha iriam reagir aos crimes do Coringa com horror, enquanto assistiam a TV.

Por que Arthur Fleck não mata Sophie em Coringa

Embora Arthur Fleck seja severamente perturbados, os seus muitos assassinatos não são tão aleatórios quanto parecem. Na violência que ele exerce (embora não seja de forma alguma justificável), há um certo padrão. Até este ponto, suas três primeiras vítimas são os empresários bêbados da Wayne Enterprises que assediaram e espancaram o protagonista no metrô.

Mais tarde, depois de saber a verdade sobre sua mãe e seu passado horrível juntos, ele a mata no hospital. E enquanto se prepara para o show de Murray, ele mata seu ex-colega de trabalho, Randall. Enquanto Arthur poupa seu outro ex-colega, Gary (que está com Randall quando ele é assassinado), o último personagem é presumivelmente morto por sua parte na demissão de Arthur.

PUBLICIDADE

Além disso, a forma como o personagem de Joaquin Phoenix poupa Gary (mesmo reconhecendo verbalmente que ele está fazendo isso porque o homem sempre o tratou bem), é a outra metade da equação para ele deixar Sophie viver. Ela foi legal com ele no elevador. Ao contrário de muitas outras pessoas em sua vida, o comportamento de Sophie em relação a Arthur nunca é mau ou errado. Por esta simples razão, assim como Gary, Arthur deixa sua vizinha viver.

Por que Todd Phillips cortou a cena de Sophie

É uma escolha criativa interessante omitir a cena do filme que confirma a sobrevivência de Sophie. De acordo com um artigo de 2019 da IGN, “Todd Phillips observou que ele cortou o momento de reação de Sophie especificamente porque rompeu com a proposta do filme de sempre manter as coisas na perspectiva de Arthur. Este teria sido um momento longe de Arthur e das pessoas com quem ele estava lidando diretamente.

Isso é bem verdade: a história de Joker é a de Arthur Fleck e suas próprias experiências subjetivas, não importa o quão pouco confiáveis ​​e/ou ilusórias possam ser. Na verdade, desde o seu lançamento, tem havido bastante debate sobre o que realmente aconteceu no filme. Afinal, se todo o relacionamento de Arthur com Sophie é uma fantasia, quanto de Coringa pode ser visto como objetivamente real e verdadeiro?

Claro, a busca por essa resposta não é o objetivo do longa – e é por isso que faz sentido que Todd Phillipps tenha decidido cortar a cena que prova que Arthur não matou Sophie. É uma escolha melhor manter Arthur Fleck como ponto focal da narrativa; provar o bem-estar de sua vizinha quando ela não é mais relevante para sua história iria atrapalhar um pouco isso.

Mas e você, o que acha de tudo isso? Quais suas opiniões do filme estrelado por Joaquin Phoenix? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais!

Para mais curiosidades sobre as obras DCnautas, fique de olho no Legado da DC.

Créditos: Screenrant

 

Sair da versão mobile