Coringa: Ridley Scott exalta performance de Joaquin Phoenix no filme

O filme solo do Coringa foi um sucesso absoluto, com Joaquin Phoenix ganhando um Oscar de melhor ator pelo papel.

Coringa: Ridley Scott exalta performance de Joaquin Phoenix no filme

O vilão mais famoso do universo do Batman, Coringa sempre existiu em oposição ao super-herói. No entanto, o personagem nunca teve sua própria aventura solo nos cinemas. Todd Phillips queria corrigir essa injustiça,...

 Coringa: Ridley Scott exalta performance de Joaquin Phoenix no filme
Imagem: Reprodução | Divulgação
Publicidade

Publicidade

O vilão mais famoso do universo do Batman, Coringa sempre existiu em oposição ao super-herói. No entanto, o personagem nunca teve sua própria aventura solo nos cinemas. Todd Phillips queria corrigir essa injustiça, investindo em um projeto ousado sobre a origem do palhaço.

Com grandes ambições artísticas e um orçamento menor do que os blockbusters da DC, ele embarca em um thriller psicológico para contar a história de Arthur Fleck. Em 2019, o filme solo do ”Príncipe Palhaço do Crime” seguiu Arthur enquanto ele desce à loucura e se torna o vilão que todos conhecem e amam.

O ator Joaquin Phoenix ganhou o prêmio de Melhor Ator no Oscar de 2020 pelo papel. Agora, o respeitado diretor Ridley Scott elogiou a performance de Phoenix em uma recente entrevista ao Deadline. Confira a declação abaixo:

Publicidade

Ele é elegante o suficiente para conter sua raiva. Ele é quase shakespereano e eu penso, você sabe, Joaquin pode fazer qualquer coisa. Então, quando ele faz algo como Coringa, existem momentos no filme que eu nunca vi antes. Existem reações no Coringa que são bobas.

Você não pode simplesmente julgar de forma simples. Elas estão vindo de uma alma danificada. E é isso que eu procuro: qual será a versão de Napoleão de Joaquin? Ele será o pintor do seu próprio retrato e eu estarei lá para monitorá-lo da menor maneira que puder, pois é isso que eu faço’.

Vale ressaltar que Ridley Scott e Joaquin Phoenix começarão a trabalhar em Kitbag, longa que deverá explorar as origens de Napoleão Bonaparte e sua escalada rápida de soldado a imperador, juntamente com o seu relacionamento viciante e muitas vezes volátil com sua esposa, Josefina.

Coringa teve sua estreia mundial no 76º Festival Internacional de Cinema de Veneza em agosto de 2019, onde ganhou o Leão de Ouro. Enquanto a performance de Joaquin Phoenix, sua direção, edição, trilha sonora, a cinematografia foi elogiada, o tom sombrio, a representação da doença mental e o manejo da violência dividiram opiniões e geraram preocupações de inspirar violência na vida real.

Publicidade

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre as produções DCnautas.

 LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.