DC reinventa a primeira batalha de Coringa e Batman em novo quadrinho

A edição #2 do reboot de Batman: The Brave and The Bold da DC recria o primeiro encontro do Coringa e do Cavaleiro das Trevas em Batman #1, lançado em 1940.

DC reinventa a primeira batalha de Coringa e Batman em novo quadrinho

A edição #2 do reboot de Batman: The Brave and The Bold da DC recria o primeiro encontro do Coringa e do Cavaleiro das Trevas em Batman #1, lançado em 1940.

DC reinventa a primeira batalha de Coringa e Batman em novo quadrinho
LEGENDA
Imagem: Reprodução | Divulgação
PUBLICIDADE

Coringa é, sem dúvida, um dos vilões mais populares do Batman, e ele existe há quase tanto tempo quanto o próprio Cavaleiro das Trevas (via CBR).




PUBLICIDADE



Estreando na primeira série solo do Cruzado Encapuzado, Batman #1 (de Bill Finger, Whitney Ellsworth, Paul Gustavson, Bob Kane e Sheldon Moldoff), a primeira aparição do Palhaço Príncipe do Crime é tão lendária quanto seu legado. Agora, o relançamento de Dawn of DC do título clássico, Batman: The Brave and the Bold, reimagina o primeiro encontro do Cavaleiro das Trevas e do Coringa em sua segunda edição (por Ed Brisson, Tom King, Christopher Cantwell, Joëlle Jones, Javier Rodriguez, Mitch Gerads, Jeff Spokes, Clayton Cowles, Simon Bowlan, Saida Temofonte e Tom Napolitano).

Embora a premissa do primeiro encontro de Bruce Wayne e do Coringa seja semelhante, Batman: The Brave and the Bold #2 oferece aos fãs uma visão muito mais sombria de sua primeira batalha em quase todos os aspectos. Sua arte sombria e corajosa é drasticamente diferente das cenas vibrantes e coloridas da história original. E a abordagem do Cavaleiro das Trevas e a atitude geral em relação ao Coringa são muito mais ousadas e antagônicas do que a versão original do Batman.

PUBLICIDADE

Dawn of DC de Batman: The Brave and the Bold dá aos fãs um novo Batman

Em Batman #1, Bruce é muito calculado , esperando o momento perfeito para derrubar o Príncipe Palhaço do Crime. Mas o Batman de The Brave and the Bold parte diretamente para o ataque com o único propósito de querer ser a primeira pessoa a derrotar o vilão. O Bruce da história original também traz o Robin de Dick Grayson como apoio, enquanto a nova iteração do Cavaleiro das Trevas decide entrar no campo de batalha sozinho.

PUBLICIDADE

As duas histórias terminam de maneiras drasticamente diferentes. Bruce finalmente vence a luta contra o Coringa em Batman # 1 graças ao seu plano estratégico e à ajuda do primeiro Robin. O Batman de The Brave and the Bold, por outro lado, sofre uma derrota terrível. Seu descuido e falta de apoio resultaram no Coringa incapacitando-o e jogando-o de uma ponte, terminando seu novo primeiro encontro em um dramático momento de angústia.

Batman: The Brave and the Bold #2 escrito por Ed Brisson, Tom King, Christopher Cantwell e Joëlle Jones com arte de Joëlle Jones, cores de Javier Rodriguez, Mitch Gerads, Jeff Spokes e letras de Clayton Cowles, Simon Bowlan, Saida Temofonte e Tom Napolitano, já está à venda pela DC Comics nos EUA.

PUBLICIDADE

O que você achou dessa mudança na origem da dupla de rivais de Gotham City? Comente abaixo em nosso bloco de comentários.

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre o universo dcnauta.

Conheça o LegadoTV:

LegadoTV é o nosso canal do YouTube para falar de tudo, seja Marvel, DC, e qualquer conteúdo de cultura pop! Se você curte nosso trabalho aqui no site, não nos deixe de se inscrever no nosso canal clicando aqui. Logo abaixo você confere um vídeo do canal:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020-2023 Legado da DC, uma empresa da Legado Enterprises.
Developed By Old SchooL