Superman provou que a Marvel estava certa em algo importante; confira

Quando Superman revelou publicamente sua identidade secreta para o mundo inteiro, ele provou que a Marvel tem a abordagem certa quando se trata de máscaras.

PUBLICIDADE

O Superman da DC Comics é um dos super-heróis mais antigos do mundo, e o garoto-propaganda de como os quadrinhos lidavam com identidades secretas – o que o fez o fato dele abandonar oficialmente sua identidade secreta ser ainda mais notável.

 

 LEIA MAIS!

 

O Homem de Aço manteve sua vida como Clark Kent em segredo por quase 80 anos (no mundo real) até que finalmente decidiu revelar que os dois eram a mesma coisa durante uma coletiva de imprensa. Agora, Superman: Son of Kal-El #11 prova que o método do Superman de abandonar sua identidade secreta faz maravilhas para os super-heróis – especialmente aqueles do Universo Marvel. 

PUBLICIDADE

Superman não foi o primeiro herói a ter uma identidade secreta, mas sua fama certamente codificou essa cultura nos quadrinhos de super-heróis. Quase todo super-herói da DC Comics teria uma identidade secreta própria, e a Marvel segueria o exemplo – exceto com a origem do Quarteto Fantástico, uma equipe que notavelmente nunca usava máscaras e era tratada mais como celebridades.

A prática de super-heróis manterem identidades secretas caiu em desuso por volta dos anos 2000; tanto o Capitão América quanto o Homem de Ferro revelaram suas identidades para o mundo em 2002 (e o filme Homem de Ferro do MCU terminou da mesma maneira em 2008). 

Em Superman: Son of Kal-El #11, escrito por Tom Taylor com arte de Cian Tormey, Batman tem uma discussão com Johnathan Kent sobre a decisão do Superman de revelar publicamente sua própria identidade (visto em Superman #18). 

PUBLICIDADE

Batman começa com o argumento comprovado de que os super-heróis escondem suas identidades para proteger seus amigos e familiares, mas Kent não ouvirá nada disso; ele tem orgulho de fazer parte do círculo de amigos de um herói, assim como Alfred era para o Batman.

Quanto mais tempo um super-herói mantém sua identidade secreta, mais seus amigos são mantidos no escuro. Há mais possibilidades para histórias quando o círculo de amigos de um herói está constantemente em perigo, não apenas à beira de estar em perigo. 

A Marvel percebeu isso e continua a acabar com identidades secretas tanto nos quadrinhos quanto nos filmes; a maioria dos Vingadores são conhecidos por seus nomes reais agora, e no MCU, o único super-herói que continua ativamente escondendo seu rosto é o Homem-Aranha.

As histórias do Quarteto Fantástico de Jack Kirby e Stan Lee provaram que os super-heróis não precisavam necessariamente de uma identidade secreta; e isso funcionou bem o suficiente sem eles. Superman revelando publicamente sua própria identidade mudou a dinâmica do Último Filho de Krypton para sempre e abriu a porta para histórias adicionais serem contadas

PUBLICIDADE

Superman prova que a Marvel estava certa em abandonar identidades secretas; para que os super-heróis mudem, o gênero também deve mudar. Mas e você, o que acha de tudo isso? Não esqueça de comentar em nosso grupo do Telegram!

Acompanhe o Legado da DC e saiba mais sobre os quadrinhos DCnautas.

Créditos: Screenrant
PUBLICIDADE

Sair da versão mobile