Uma habilidade esquecida do Coringa é o que realmente o torna tão mortal

Coringa é um dos vilões mais mortais do Batman e uma habilidade subestimada é o motivo pelo qual ele é tão mortal.

Uma habilidade esquecida do Coringa é o que realmente o torna tão mortal

Para desgosto do Batman, o Coringa não tem escassez de esquemas covardes na manga com os meios e a inteligência para realizá-los, mas uma habilidade criminalmente subestimada é o...

 Uma habilidade esquecida do Coringa é o que realmente o torna tão mortal
Imagem: Reprodução | Divulgação
Publicidade

Publicidade

Para desgosto do Batman, o Coringa não tem escassez de esquemas covardes na manga com os meios e a inteligência para realizá-los, mas uma habilidade criminalmente subestimada é o que realmente torna o Coringa tão mortal. O Coringa é um enigma dentro do folclore da DC Comics, pois ele não tem uma origem ou uma identidade secreta.

LEIA MAIS!

O Coringa é simplesmente um ser de puro mal e caótico que aparentemente surgiu das profundezas do inferno com o único propósito de atormentar o Batman em uma luta sem fim pela alma de Gotham. No entanto, em seus primeiros dias nos quadrinhos, o Sr. C não era tanto uma força imparável como é hoje, mas um supervilão muito mais tangível com motivos muito claros e compreensíveis para seus crimes. 

Publicidade

Embora suas origens fossem tão obscuras quanto são agora, o Coringa era mais um ladrão mestre que não tinha medo de matar quando lhe convinha, em vez de um sádico retorcido cujo raciocínio está além do entendimento normal. Em Batman #1, de Bill Finger e Bob Kane, o Coringa sequestra o sinal de rádio de Gotham City e entrega uma mensagem aterrorizante aos moradores da cidade.

Na mensagem, ele diz que matará certas pessoas em momentos específicos e roubará seus objetos de valor. Então, uma a uma, as pessoas que o Sr. C nomeou estão caindo mortas, todas com um sorriso torcido em seus rostos do veneno que ele usou para matá-las, com cada uma delas tendo seus preciosos diamantes roubados.

Enquanto cada um desses homens morreu exatamente quando o Coringa disse que iriam, o vilão matou todos eles através de diferentes métodos de ataque. Uma pessoa foi morta pela reação latente ao veneno que o Sr. C secretamente entregou na noite anterior e outro morreu depois que o Coringa encontrou uma maneira de infectá-lo através de um dispositivo implantado em seu telefone, só para citar alguns. 

Publicidade

No entanto, houve um assassinato em particular que se destacou acima do resto, pois realmente colocou uma das habilidades mais esquecidas do Coringa em plena exibição. Quando o vilão decidiu assassinar um juiz responsável por sentenciá-lo à prisão alguns anos atrás, o Coringa usou um método de assassinato que ele não havia tentado antes.

Em meio às equipes de policiais vigiando o juiz e trabalhando para mantê-lo seguro, o Coringa se esgueirou entre eles, disfarçado como o próprio chefe de polícia. Quando o juiz descobriu a verdade, ele ficou chocado e horrorizado, mas o Coringa disse a ele que ele não deveria estar, pois o Coringa se gabava de que o disfarce é uma de suas maiores habilidades – tornando-o incrivelmente mortal.

Publicidade

O Coringa consegue se disfarçar tão bem que consegue se infiltrar em qualquer ambiente sem que ninguém pense que ele está fora do lugar. O vilão provou que isso é verdade em histórias como Batman RIP e Morte em Família, onde ele fingiu ser outra pessoa apenas para enganar o Cavaleiro das Trevas.

Mas e você, quais os seus pensamentos sobre tudo isso? Não esqueça de comentar em nosso grupo do Telegram!

Fique de olho no Legado da DC e saiba mais sobre os quadrinhos DCnautas.

Publicidade
Créditos: Screenrant

Escute o Podcast do Legado:

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.