Heath Ledger vs. Joaquin Phoenix: Qual deles foi o melhor Coringa?

Heath Ledger vs. Joaquin Phoenix: Qual deles foi o melhor Coringa?

Embora The Batman do diretor Matt Reeves chegue em março de 2022 com alguns vilões confirmados, as teorias de que o Coringa estará presente são inevitáveis. Faz sentido que os fãs esperem um Coringa,...

 Heath Ledger vs. Joaquin Phoenix: Qual deles foi o melhor Coringa?
Publicidade

Publicidade

Embora The Batman do diretor Matt Reeves chegue em março de 2022 com alguns vilões confirmados, as teorias de que o Coringa estará presente são inevitáveis. Faz sentido que os fãs esperem um Coringa, porque ele tem sido o maior inimigo do Batman desde a estreia dos quadrinhos do Príncipe Palhaço do Crime em 1940.

Sem dúvida, seria interessante ver o Coringa entrelaçado no mundo inspirado noir de The Batman, e uma nova visão para o personagem aumentaria o debate acalorado sobre quem trouxe a melhor versão live-action do vilão. Até então, entretanto, a maioria dos fãs do Batman nomeariam Heath Ledger e Joaquin Phoenix como os melhores. Fazer os fãs concordarem sobre um vencedor entre os dois, entretanto, não é uma tarefa fácil.

‘Batman: O Cavaleiro Das Trevas’ É mais aclamado do que ‘Coringa’

Enquanto Coringa do diretor Todd Phillips foi um grande sucesso financeiro, o thriller psicológico de 2019 deixou os críticos um tanto divididos. A avaliação média do Metacritic coloca o filme em apenas 59, com uma pontuação de público de 9.

Publicidade

As pontuações do filme Rotten Tomatoes são semelhantes, ganhando 68% entre os críticos e 88% com os fãs. As avaliações de Batman: O Cavaleiro das Trevas, por outro lado, foram substancialmente mais altas. Sua pontuação do Metacritic é 84, com o público dando 9. No entanto, no Rotten Tomatoes, ela ostenta 94% entre os críticos e fãs.

Naturalmente, as pontuações dos fãs são maiores do que as pontuações dos críticos, então faz sentido que o Coringa tenha desfrutado de uma bilheteria tão lucrativa. Apesar disso, Batman: O Cavaleiro das Trevas é fortemente preferido tanto pelos fãs quanto pelos críticos.

É claro que esses elementos refletem os filmes como um todo, não o desempenho de um ator específico; entretanto, as críticas altas de Batman: O Cavaleiro das Trevas definitivamente têm muito a ver com a performance de Heath Ledger.

Publicidade

O Coringa de Heath Ledger é muito próximo aos quadrinhos

Heath Ledger e Joaquin Phoenix foram maravilhosos, e há muitas semelhanças entre as versões deles, começando com o fato de que ambos receberam vários prêmios por suas atuações. Ambos os seus papéis são mais baseados na realidade do que nos quadrinhos, e isso não é necessariamente uma coisa ruim, porque eles refletem como um supervilão do mundo real pode parecer.

No entanto, há uma diferença significativa entre os dois e tem algo a ver com os gêneros de seus respectivos filmes. Para dizer o óbvio, Batman: O Cavaleiro das Trevas é um filme de super-heróis. Assim, o Coringa de Ledger tinha que ser o pior dos piores para colocar o Batman em um espectro positivo; isso está de acordo com as origens do Coringa nos quadrinhos.

Claro, o Príncipe Palhaço do Crime mudou muito ao longo dos anos, mas antes de seus dias como uma caricatura na década de 1960, ele era um gênio do crime e a antítese do heroísmo do Batman. Para fazer algo assim, o Coringa tem que ser tão importante para um filme do Batman quanto seu herói, e Ledger faz exatamente isso ao comandar cada cena em que aparece.

Publicidade

O Coringa de Joaquin Phoenix não corresponde à mística do personagem

Sem dúvida, Joaquin Phoenix comanda cada momento em tela, mas o material com que trabalha é completamente diferente do de Ledger. Mesmo sendo uma história original, Coringa pode facilmente ser visto como uma tragédia. Ele não é um terrorista assassino; em vez disso, Arthur Fleck sofre de um transtorno mental.

Assim, enquanto ele alimenta o caos no final do filme, isso deixa os fãs se perguntando o que pode ser feito para evitar suas ações. Isso é uma contradição total do personagem irredimível que só quer ver o circo pegar fogo. Em outras palavras, o retrato de Phoenix humaniza o Coringa, mas também prejudica sua mística dos quadrinhos como um gênio cruel e criminoso, deixando Heath Ledger como o Coringa definitivo.

Mas e você, concorda ou discorda? Não esqueça de comentar em nossas redes sociais.

Publicidade

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre o mundo DCnauta.

Créditos: CBR

    LEIA MAIS!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.