O jogo da Mulher-Maravilha fará parte do Arkhamverse? Saiba mais

Ainda há poucas informações sobre o jogo da Mulher-Maravilha, mas é possível que a produção seja associada aos jogos da franquia Arkham?

O jogo da Mulher-Maravilha fará parte do Arkhamverse? Saiba mais

Ainda há poucas informações disponíveis sobre o videogame da Mulher-Maravilha, mas é improvável que faça parte da franquia Arkham. Embora se possa supor que, considerando o sucesso da franquia, é...

 O jogo da Mulher-Maravilha fará parte do Arkhamverse? Saiba mais
Publicidade

Publicidade

Ainda há poucas informações disponíveis sobre o videogame da Mulher-Maravilha, mas é improvável que faça parte da franquia Arkham. Embora se possa supor que, considerando o sucesso da franquia, é improvável que a Mulher-Maravilha se encontre no mesmo universo. No entanto, há razões sólidas para supor que este não é o caso.

 

    LEIA MAIS!

 

Publicidade

A Mulher-Maravilha é um dos pilares mais icônicos da cultura pop, no mesmo nível do Batman e Superman. No entanto, ela não chegou nem perto de seu nível de proeminência quando se trata de adaptações. Na verdade, o filme da personagem em 2017 foi possivelmente seu empreendimento solo mais proeminente fora dos quadrinhos. 

Com a Mulher-Maravilha sendo um modelo tão forte, seria de se esperar que ela tivesse mais adaptações próprias. Seu próprio videogame seria uma maneira ideal de continuar estabelecendo a personagem como um dos membros mais importantes da lista de heróis da DC Comics.

Os jogos do Arkhamverse foram um sucesso gigantesco para a indústria, mas isso não significa que Mulher-Maravilha fará automaticamente parte da franquia. Por um lado, outro jogo da franquia Arkham, Suicide Squad: Kill The Justice League está em desenvolvimento. 

Publicidade

Tal contexto deixa a super-heroína livre para forjar seu próprio caminho. Pode ser melhor que Diana Prince não tenha laços com nenhum jogo anterior da DC Comics. Com tantas histórias e vilões da Mulher-Maravilha para escolher, os escritores têm muito material para criar vários enredos.

Mulher-Maravilha tem muitas histórias que não precisam do Arkhamverse

Outra razão para acreditar que o jogo não terá nada a ver com o Arkhamverse é o fato de que Mulher Maravilha e Batman têm origens muito diferentes. Além de serem membros da Liga da Justiça, os dois têm muito pouco em comum. Batman não tem superpoderes e se concentra no crime de rua, enquanto a Mulher-Maravilha é uma amazona com vários artefatos mágicos que luta contra várias forças sobrenaturais e divinas.

Publicidade

Suas aventuras estão longe do que se esperaria de um jogo do Arkhamverse, então faria mais sentido se o projeto estivesse completamente desconectado dessa franquia. Como personagem, Diana Prince tem um conhecimento tão amplo e rico que ela não precisa estar associada ao Arkhamverse para ter um enredo convincente para seu jogo.

Themiscyra poderia ser um cenário tão forte quanto o Asilo Arkham. Mulher-Maravilha poderia facilmente ser um jogo com uma história profunda e emocionante sem precisar ser sustentada pelo ArkhamverseOs deuses e amazonas devem ser capazes de formar uma trama interessante para a Mulher-Maravilha e o jogador seguirem durante sua aventura.

O enredo do jogo ficará mais claro à medida que mais trailers e informações forem divulgados. No entanto, é improvável que uma conexão com o Arkhamverse seja estabelecida. Mulher-Maravilha provavelmente seria melhor como um título independente, e esperamos que seja esse o caminho que a DC Comics seguirá.

Publicidade

Mas e você, quais seus pensamentos sobre tudo isso? Não esqueça de comentar em nosso grupo do Telegram!

Fique de olho no Legado da DC e saiba tudo sobre os jogos DCnautas.

Créditos: Screenrant
Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.