Coringa foi o verdadeiro herói em ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas’? Entenda!

O Coringa pode ter sido o herói real de 'O Cavaleiro das Trevas'? Uma teoria sugere que seu plano, por mais caótico que fosse, na verdade salvou Gotham.

PUBLICIDADE

O Cavaleiro das Trevas ainda é considerado um dos maiores filmes de super-heróis já feitos e, como tal, continua a ser analisado continuamente pelos fãs, e um deles surgiu com uma interpretação interessante: o Coringa é na verdade o herói, e seu plano salvou Gotham City.

A história de Batman nos cinemas é cheia de altos e baixos, e tudo começou na década de 1940 com dois filmes, seguidos pela adaptação para o cinema da série de TV estrelada por Adam West e Burt Ward na década de 1960. Os primeiros grandes sucessos só vieram em 1989 e 1992 com Batman e Batman: O Retorno de Tim Burton, mas tudo desabou com Batman Eternamente (1995) e Batman & Robin (1997), de Joel Schumacher.

Após uma longa pausa, o Homem-Morcego voltou às telonas em Batman Begins, de Christopher Nolan, lançado em 2005, que apresentou ao público Christian Bale como Bruce Wayne. O longa foi seguido por O Cavaleiro das Trevas e O Cavaleiro das Trevas Ressurge, e embora todos os filmes tenham feito sucesso, aquele que se destaca por vários motivos é O Cavaleiro das Trevas.

PUBLICIDADE

O filme apresentou o Coringa de Heath Ledger, que chegou em Gotham City para matar o Batman, brincar com a máfia e criar o caos por toda a cidade, e ele conseguiu o último. No entanto, por mais caótico que fosse e com tantos danos e dores quanto causou, suas ações podem ser vistas como um tanto heróicas, e seu plano foi o que salvou Gotham, pelo menos por um tempo.

Embora o Coringa seja um dos vilões mais famosos do Batman e suas ações em O Cavaleiro das Trevas tenham causado muita destruição e morte, ele pode realmente ter feito algum bem para Gotham. Um usuário do Reddit compartilhou sua interpretação das ações do Coringa e os resultados delas e concluiu que ele era mais um herói no filme do que Batman – o único problema é que seus modos eram muito mais violentos.

O autor da teoria começa explicando que antes da chegada do Coringa a cidade era uma bagunça, controlada pela máfia e outros grupos do crime organizado. Os policiais eram corruptos e todos eles permitiam que um vigilante mascarado “corresse” pela cidade.

PUBLICIDADE

Assim que chegou, o Coringa roubou um banco controlado pela máfia como o primeiro passo em seu grande plano (porque o vilão realmente é um “homem com um plano”, ao contrário do que ele diz no filme), o que desencadeia uma série de eventos envolvendo a máfia, Batman, autoridades municipais e Harvey Dent.

O Coringa matou criminosos e funcionários corruptos enquanto Dent e Batman lutavam pelas “almas” de Gotham, e o autor da teoria ainda acrescenta que a promoção de Gordon a comissário era parte do plano para tornar Gotham melhor, e os aplausos do Coringa durante sua cena de promoção não foram sarcásticos, mas genuínos.

Nesse ponto, o Coringa já estava a caminho para se livrar do crime organizado e de agentes corruptos, mas havia um grande obstáculo em seu caminho: Batman. No início de O Cavaleiro das Trevas, é mostrado que havia muitos imitadores e aspirantes a vigilantes que até se vestiam como o Homem-Morcego, então o verdadeiro tinha que ser parado, mas não morto, pois isso o tornaria um mártir, então o objetivo era quebrá-lo por dentro.

PUBLICIDADE

Coringa conseguiu isso dando a ele o endereço errado e matando Rachel Dawes, e ainda foi capaz de fazê-lo parecer um vilão após a morte de Dent, o que levou Bruce Wayne a uma aposentadoria de oito anos. Quanto a Dent, ele era um símbolo e mártir melhor para a cidade e o Coringa sabia que, após a morte de Rachel e a explosão que o deixou desfigurado, Batman não teria escolha a não ser se livrar dele.

A morte de Dent acabou abrindo caminho para a Lei Dent, que exterminou o crime organizado prendendo todos os criminosos, encerrando o grande plano do Coringa. No final de O Cavaleiro das Trevas, Gotham estava quase limpa, oficiais corruptos estavam mortos ou presos e o Batman se escondeu por oito anos, e foi só com a chegada de Bane no terceiro filme que o caos surgiu novamente e Bruce Wayne foi forçado a sair da aposentadoria.

Pode valer a pena manter essa teoria em mente na próxima vez que você assistir O Cavaleiro das Trevas e, no final, cada espectador vai decidir se o Coringa foi o herói secreto do filme ou se ele era apenas um homem que amava o caos.

Mas e você, o que achou desta teoria? Deixe suas opiniões em nossas redes sociais!

Fique de olho no Legado da DC e saiba tudo sobre o Universo DCnauta.

[Créditos: Screenrant]

LEIA MAIS!!!

 

PUBLICIDADE

Sair da versão mobile