Aquaman 2 derrota Adão Negro e é o maior do DCEU nas bilheterias em cinco anos

Aquaman 2 ultrapassou a arrecadação de Adão Negro e é agora a maior bilheteria do DCEU desde o primeiro Aquaman, lançado em 2018.

Aquaman 2 derrota Adão Negro e é o maior do DCEU nas bilheterias em cinco anos

Aquaman 2 ultrapassou a arrecadação de Adão Negro e é agora a maior bilheteria do DCEU desde o primeiro Aquaman, lançado em 2018.

Aquaman 2 derrota Adão Negro e é o maior do DCEU nas bilheterias em cinco anos
ATLÂNTIDA VS KAHNDAQ
Imagem: Reprodução | Divulgação
PUBLICIDADE

Segundo o Box Office Mojo, Aquaman 2: O Reino Perdido possui US$ 114,2 milhões na bilheteria americana e US$ 282 milhões na internacional, o que resulta em um total de US$ 396,2 milhões mundialmente.




PUBLICIDADE



Isso faz do longa a maior bilheteria global para um longa do DCEU desde seu antecessor, o primeiro Aquaman, que arrecadou US$ 1,15 bilhão entre o final de 2018 e início de 2019 (até hoje a maior bilheteria para qualquer filme baseado num personagem da DC Comics).

Desde então, nenhum dos filmes da franquia, por uma combinação de má sorte (competição com o blockbuster mais aguardado da história, a pandemia, lançamento simultâneo no streaming) e puro desinteresse do público após anos de negatividade e produções decepcionantes e/ou controversas, conseguiu faturar mais do que US$ 400 milhões global – marca esta que Aquaman 2 está prestes a superar.

PUBLICIDADE

Confira:

Vale lembrar, isto não inclui Coringa ou Batman. Ambos foram bem sucedidos, mas não fazem parte do DCEU.

PUBLICIDADE

Curiosamente, Aquaman 2 só conseguiu alcançar um total global maior que os dos oito filmes que saíram desde a primeira aventura solo de Arthur Curry nas telonas por conta do apelo dos filmes da saga de Atlântida nos mercados internacionais. Afinal, na bilheteria americana, O Reino Perdido ainda se encontra abaixo do primeiro Shazam! (US$ 140 milhões) e de Adão Negro (US$ 168 milhões). Porém, na internacional, Aquaman 2 já deixou todos eles comendo poeira, o que resulta em sua vitória global.

O mesmo fenômeno aconteceu com o primeiro Aquaman. Nos EUA, o longa comandado por James Wan ficou bem abaixo de Mulher-Maravilha (US$ 335 milhões para o filme de 2018 contra US$ 412,5 milhões para o de 2017), mas fora de lá Arthur Curry teve uma bilheteria quase duas vezes maior (US$ 817 milhões para o Atlante contra US$ 410 milhões para a Amazona). Assim, globalmente Aquaman conseguiu “bilhonar” enquanto Mulher-Maravilha não foi muito além dos US$ 800 milhões (sua bilheteria total foi de US$ 823 milhões).

PUBLICIDADE

Somando o grande apelo dos filmes do Aquaman na bilheteria internacional com o fato de ambos terem estreado no fim do ano (o que permite uma carreira mais longa do que a de filmes lançados no meio do ano) e teremos a primeira produção do DCEU em cinco anos a faturar mais de US$ 400 milhões.

É uma pena, porém, que O Reino Perdido tenha custado muito mais do que Aquaman (US$ 205 milhões para o longa de 2023 contra US$ 160 milhões do de 2018) e ainda assim não alcançará nem a metade de sua bilheteria bilionária.

E você, já assistiu Aquaman 2: O Reino Perdido? Deixe seu comentário abaixo!

Fonte: Box Office Mojo

Logo abaixo, assista a um vídeo do nosso canal no YouTube, a LegadoTV – se inscreva clicando aqui.

TUDO SOBRE AQUAMAN 2: O REINO PERDIDO

Aquaman 2: O Reino Perdido é o segundo filme solo do herói dos mares Aquaman e última produção do Universo Estendido DC. A trama do filme está cercada de mistérios, mas já se sabe que o longa terá o retorno de grande parte do elenco do primeiro Aquaman, que é até hoje a maior bilheteria do DCEU, tendo passado de 1 bilhão nas bilheterias mundiais.

A sequência conta com a volta dos atores Jason Momoa como Arthur Curry/Aquaman, Amber Heard como Mera, Patrick Wilson como Mestre dos Oceanos, Yahya Abdul-Mateen II como Arraia-Negra, Temuera Morrison como Tom Curry, Dolph Lundgren como Rei Nereus, Randall Park como o biólogo Stephen Shi e Nicole Kidman como a rainha Atlanna.

O filme será estrelado também por Indya Moore como o tubarão humanoide Karshon, Vincent Regan como Atlan, antigo rei de Atlântida, e Pilou Asbæk em um papel ainda desconhecido.

Dirigido por novamente por James Wan e roteirizado mais uma vez pela dupla David Leslie e Johnson-McGoldrick, o filme está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020-2023 Legado da DC, uma empresa da Legado Enterprises.
Developed By Old SchooL