Coringa já ganhou 8 adaptações em Live-Action; conheça todas elas

Coringa já ganhou 8 adaptações em Live-Action; conheça todas elas

Coringa já ganhou 8 adaptações em Live-Action; conheça todas elas

Como um dos vilões mais icônicos de todos os tempos, Coringa já apareceu em várias adaptações live-action baseadas no universo do Batman, tanto no cinema quanto na televisão. Naturalmente, o Coringa foi...

Coringa já ganhou 8 adaptações em Live-Action; conheça todas elas
Imagem: Reprodução | Divulgação
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE



Como um dos vilões mais icônicos de todos os tempos, Coringa já apareceu em várias adaptações live-action baseadas no universo do Batman, tanto no cinema quanto na televisão. Naturalmente, o Coringa foi reinterpretado por vários escritores, artistas, diretores e atores ao longo de sua história, resultando em múltiplas encarnações do personagem, uma diferente da outra.

Criado por Bob Kane, Bill Finger e Jerry Robinson, o Coringa possui uma infinidade de histórias de origem conflitantes ao longo de sua história nos quadrinhos, embora a maioria das pessoas decida que ele era um criminoso mesquinho, jogado pelo Batman em um tanque de produtos químicos e viveu (embora permanentemente desfigurado) para contar a história.


Ao longo dos anos, o Coringa já recebeu um total de oito participações em projetos de live-action. Conheça todas as versões:

 


1 – Batman (Série/Filme)

O icônico cantor, dançarino e ator Cesar Romero conseguiu o que muitos na época consideravam um papel estranho para o “galã latino”: um palhaço assaltante de banco na série de TV do Batman dos anos 1960. O público em geral não estava muito familiarizado com o Coringa naquele momento. Foi a performance pateta de Romero que colocou o personagem no mapa e criou as primeiras impressões de muitos fãs sobre o vilão.


Embora dificilmente seja a melhor versão do personagem, Coringa de Romero funcionou bem dentro da propostoa extravagante e cômica do programa. Era uma encarnação mais leve e travessa do personagem – um alegre agente do caos que mais espelhava os quadrinhos da época. Ele era ameaçador, mas não assassino. A curiosidade mais engraçada da versão é o fato de que Romero se recusava a raspar seu famoso bigode, facilmente visto por baixo de sua pintura facial branca.

 

2 – Batman (Filme)

Os quadrinhos levaram o universo do Batman a lugares sombrios e agourentos nos anos 80, e o diretor Tim Burton fez o mesmo, com seu carrancudo e gótico Batman de 1989. O Coringa de Jack Nicholson no filme marcou uma mudança na percepção do público em torno do personagem. Após o sucesso do longa, Nicholson foi nomeado para um Globo de Ouro e um BAFTA de melhor ator.

De fato, Nicholson foi fenomenal no papel. Esta versão do palhaço é mais implacável e sádica do que qualquer outra coisa que o público tivesse visto no gênero de super-herói até aquele momento. O Coringa de Nicholson adorava uma boa risada e queria transformar cada momento em uma desculpa para uma gargalhada maluca. Ele tinha os elementos cômicos de Romero enquanto deixava corpos carbonizados e desfigurados de quem aparecesse em seu caminho.

 

3 – Birds of Prey (Série)

Na série de TV Birds of Prey Mark Hamill fez a voz do Coringa, mas Roger Stoneburner o retratou (Mark Hamill foi o único dos dois atores que recebeu o crédito). O Coringa foi visto apenas brevemente em um flashback batendo na porta de Bárbara, atirando nela e deixando-a aleijada. A cena foi uma referência à Piada Mortal, no entanto, ao contrário da HQ, Coringa sabia claramente que Barbara Gordon era a Batgirl quando ele cometeu o crime. Na série, diferentemente da graphic novel, Coringa não usou Barbara para fazer tortura psicológica com o Comissário Gordon, mas a deixou no chão para que ele a encontrasse lá.

Na história do programa, Coringa e Batman travaram uma guerra noturna em Gotham City por muitos anos. Até que em uma noite, Batman finalmente conseguiu derrotá-lo e o Palhaço foi levado pela polícia. Ele então escapou mais uma vez e atirou em Batgirl durante sua ânsia por vingança. Coringa foi mais tarde encarcerado longe de Gotham, a fim de manter a cidade segura de sua carnificina. Embora o Coringa nunca mais tenha sido visto, ele deixou um legado terrível que chegou a motivar sua ex-cúmplice, Harley Quinn, a assumir o controle da criminalidade. Não ficou claro o que aconteceu com o Coringa depois, embora fosse evidente que ele nunca mais teve a oportunidade de aterrorizar Gotham novamente.

 

4 – O Cavaleiro das Trevas (Filme)

Mais de uma década se passaria antes que alguém desse vida ao Coringa novamente nas telonas. O ator Heath Ledger levou sua mente e corpo a alguns lugares verdadeiramente distorcidos para buscar na escuridão um anarquista enigmático e pertubador. O horripilante Coringa de Ledger, que só queria “ver o mundo queimar”, estava convencido de que qualquer pessoa diante de circunstâncias extremas poderia se tornar um assassino – e que o único equilíbrio verdadeiro era a desordem.

Enquanto Bruce Wayne procurava alguém para assumir seu manto, o Coringa tentava provar que mesmo as melhores pessoas podiam ser destruídas e transformadas em degenerados. Foi uma viagem fascinante que rendeu ao falecido Ledger um Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante – e estabeleceu uma referência definitiva para todas as versões do Coringa que viriam a seguir.

Infelizmente, Heath Ledger faleceu de uma overdose acidental de medicamentos prescritos antes do lançamento de Batman: O Cavaleiro das Trevas, incapaz de aproveitar o sucesso esmagador do filme e de sua brilhante atuação.

 

5 – Esquadrão Suicida (Filme)

A notícia de que Jared Leto, que já havia ganhado um Oscar, interpretaria o Coringa foi recebida com muito entusiasmo. No entanto, seu Coringa foi, em última análise, uma parte muito pequena do Esquadrão Suicida. O filme apresentou um Coringa único, diferenciado por suas tatuagens e sua personalidade de gângster. Tal como aconteceu com o próprio filme em si, o Coringa foi criticado por seu comportamento exagerado e falta de relevância na trama principal.

Assim como foi Ledger, Leto é um ator metódico e muito envolvido com os projetos que participa, disposto a ir longe para habitar a mente do papel que está interpretando. Fazer isso provavelmente não fará muitos amigos no set (houve relatos de que Leto nunca saia do personagem durante as filmagens, irritando outros membros do elenco), mas os resultados podem ser bem espetaculares. Infelizmente, muitas das cenas do Coringa de Leto nunca sairam da sala de edição. E o que restou não foi suficiente para causar uma impressão duradoura.

Felizmente, a Liga da Justiça de Zack Snyder está dando uma nova oportunidade ao ator. A HBO Max injetou milhões de dólares no projeto e incluiu adições surpreendentes. O retorno de Jared Leto é uma oportunidade para ele enfatizar as qualidades mais perturbadas de seu Coringa, mas também é uma nova chance para o ator moderar sua abordagem escandalosa.

 

6 – Gotham (Série)

Por anos, os produtores de Gotham da FOX, que não tinham permissão para usar os personagens fantasiados de Batman e Coringa (ou fazer qualquer citar esses nomes), insistiram que o bandido pervertido, interpretado por Cameron Monaghan, Jerome Valeska NÃO era o Coringa – mas, em vez disso, era um criminoso louco que existia muito antes do Coringa e provavelmente inspirou.

Embora os produtores do programa estivessem ansiosos para apresentar o Coringa, eles perceberam que sua origem depende do Batman e, portanto, não funcionaria dentro da linha do tempo da série. Em vez disso, eles decidiram utilizar vários elementos da personalidade do Palhaço – com os irmãos gêmeos Jerome e Jeremiah Valeska atuando como predecessores do Coringa real.

Monaghan foi amplamente bem recebido em todos os papéis que viveu durante a série, tornando-se um dos elementos favoritdos dos fãs. No final da série, após cinco temporadas, Monaghan finalmente viveu o verdadeiro Coringa.

 

7 – Titãs (Série)

A série Titãs está indo para a sua terceira temporada e mais detalhes do novo ano do show estão sendo divulgados. Segundo o insider Daniel Richtman reportou que a 3° temporada de Titãs terá sua versão do Coringa e ele matará Jason Todd (Curran Walters). O vilão ainda chegou a ter um pequeno câmeo no final 1° temporada, onde o vilão é assassinado pelo Batman durante uma alucinação de Dick Grayson. Já tínhamos tido outros vislumbres do Coringa, mas agora o vilão deverá ganhar mais relevância na série.

 

8 – Coringa (Filme)

Coringa marcou o primeiro longa-metragem solo do personagem. Esta versão do Coringa é diferente de todas que já vimos anteriormente, embora seja de alguma forma inspirado e comparável com a versão da HQ A Piada Mortal. A história do filme fala menos sobre o Coringa e mais sobre Arthur Fleck em sua transformação.

Vivido por Joaquin Phoenix, Arthur é um personagem que não foi tirado dos quadrinhos, é um comediante fracassado encarregado de cuidar de sua mãe doente enquanto lida com seu próprio estado emocional e mental desequilibrado.

O diretor Todd Phillips recriou o Coringa, atraindo o ator Joaquin Phoenix para seu projeto inspirado nos filmes de Martin Scorcese. Mais parecido com um thriller psicológico do que com um filme de super-herói tradicional, Coringa foi um sucesso financeiro e crítico – tornando-se o primeiro filme Rated-R a arrecadar mais de um bilhão de dólares, com Phoenix ganhando um Oscar de melhor ator pelo papel, assim como o falecido Heath Ledger antes dele.

 

E você, conhecia todas essas versões do nosso amado Prícipe do Crime? Ansioso para revê-lo no Snyder Cut? Não esqueça de comentar.

Fique por dentro do Legado da DC e saiba tudo sobre o mundo DCnauta.

 

© 2020-2023 Legado da DC, uma empresa da Legado Enterprises.
Developed By Old SchooL