DC recria o primeiro confronto entre Batman e Coringa e muda vencedor

A reinicialização de Dawn of DC de Batman: The Brave and the Bold # 2 recria o primeiro encontro do Coringa e do Cavaleiro das Trevas em Batman # 1 de 1940.

DC recria o primeiro confronto entre Batman e Coringa e muda vencedor

A reinicialização de Dawn of DC de Batman: The Brave and the Bold # 2 recria o primeiro encontro do Coringa e do Cavaleiro das Trevas em Batman # 1 de 1940.

DC recria o primeiro confronto entre Batman e Coringa e muda vencedor
ORIGEM ALTERADA
Imagem: Reprodução | Divulgação
PUBLICIDADE

O Coringa é sem dúvida um dos vilões mais populares do Batman, e ele está por perto há quase tanto tempo quanto o próprio Cavaleiro das Trevas (via CBR).




PUBLICIDADE



Estreando na primeira série solo do Cruzado Encapuzado, Batman #1 (por Bill Finger, Whitney Ellsworth, Paul Gustavson, Bob Kane e Sheldon Moldoff), a primeira aparição do Príncipe Palhaço do Crime é tão lendária quanto o seu legado. Agora, o início do relançamento clássico da DC, Batman: The Brave and the Bold, reimagina o primeiro encontro do Cavaleiro das Trevas e do Coringa em seu segundo número.

Embora a premissa do primeiro encontro entre Bruce Wayne e o Joker seja similar, Batman: The Brave and the Bold #2 apresenta aos fãs uma visão muito mais sombria de sua primeira batalha em praticamente todos os aspectos. Sua arte sombria e intensa é drasticamente diferente das cenas vibrantes e coloridas da história original.

PUBLICIDADE

Além disso, a abordagem e a atitude geral do Cavaleiro das Trevas em relação ao Joker são muito mais ousadas e antagonistas do que na versão original do Batman.

A versão Dawn of DC de Batman: The Brave and the Bold dá aos fãs um novo Batman

Em Batman #1, Bruce é muito calculista, esperando o momento perfeito para enfrentar o Príncipe Palhaço do Crime. Já o Batman de The Brave and the Bold parte para o combate de forma direta, com o único objetivo de querer ser a primeira pessoa a derrotar o vilão. Na história original, Bruce também leva o Robin, Dick Grayson, como apoio, enquanto na nova versão do Cavaleiro das Trevas, ele decide enfrentar o campo de batalha sozinho.

PUBLICIDADE

As duas histórias têm finais drasticamente diferentes. Em Batman #1, Bruce acaba vencendo a luta contra o Coringa graças ao seu plano estratégico e à ajuda do primeiro Robin. Já o Batman de The Brave and the Bold, por outro lado, sofre uma derrota terrível. Sua imprudência e falta de apoio resultam no Joker o incapacitando e o lançando de uma ponte, encerrando seu novo primeiro encontro de forma dramática em um suspense emocionante.

PUBLICIDADE

Batman: The Brave and the Bold #2, escrito por Ed Brisson, Tom King, Christopher Cantwell e Joëlle Jones, com arte de Joëlle Jones, cores de Javier Rodriguez, Mitch Gerads, Jeff Spokes e letras de Clayton Cowles, Simon Bowlan, Saida Temofonte e Tom Napolitano, já está à venda pela DC Comics nos EUA.

Acompanhe o Legado da DC e saiba tudo sobre os quadrinhos dcnautas.

Logo abaixo, assista a um vídeo do nosso canal no YouTube, a LegadoTV – se inscreva clicando aqui.


Você Comentou Este Artigo
  1. Alan disse:

    Rapaz, intenso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020-2023 Legado da DC, uma empresa da Legado Enterprises.
Developed By Old SchooL